Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

Uma t-shirt por dia, não sabe o bem que lhe fazia

As riscas, os corações, as frases e uma paleta de cores praticamente infinita. A t-shirt, esse ícone universal da moda descontraída, é uma peça básica, sim, mas cheia de detalhes e variações. Margarida do blogue Pano Pra Mangas sugere um punhado delas: uma para cada dia da semana.

Se abrir as gavetas e o meu armário só vislumbro peças básicas: jeans, camisolas lisas, casacos simples, vestidos e, lá está: t-shirts! Uso-as na primavera e no verão e não compreendo o porquê de nas coleções de inverno haver uma imensidão de t-shirts de manga curta e muito poucas camisolas de gola alta – ainda se vivessemos num país do norte da Europa em que as casas são aquecidas e quase se pode andar despido...mas aqui? Não nos podemos queixar do calor no verão, é verdade, mas nem as nossas casas, nem as contas da eletricidade estão preparadas para os dias frios – há exceções, mas em 10 milhões devem ser muito poucas...

No entanto, propus-me a escrever sobre o assunto dominante da semana: t-shirts. Revirei alguns sites e blogs para tentar perceber quais as tendências deste ano, mas pelo que percebo usa-se de tudo. Consoante as marcas assim é a paleta de cores escolhida, por isso tanto podemos encontrar cores garridas como pastéis. Ahhh, felizmente os tons fluorescentes parecem ter desaparecido de vista, ou então fui eu que não dei por eles. Será? Uma coisa dá para perceber: o que não falta nas coleções são t-shirts de riscas e com frases (que parecem tiradas do Pinterest ou de algum livro de citações).

Não querendo fazer concorrência à Ana, à Fernanda ou à Rosie – que são experts em matéria de moda -, atrevi-me a escolher sete peças diferentes, uma para cada dia da semana, de preços variados e as quais não me importava nada de ter na minha gaveta para encarar o verão que está quase – falta o quase! – a chegar.

Critérios para escolha:


a) Se é para ser uma t-shirt é isso que tem de ser, tops de alças ou sem mangas não têm o formato de um T;

b) O mínimo de ferro possível, de preferência nenhum!;

c) Só elegi as que achei que me ficariam bem – e se me fica bem a mim, cai bem em qualquer outra pessoa, acreditem;

Escolhi umas quantas t-shirts oversized, sabendo de antemão que representam um perigo, pois por muito que cresçamos para os lados...cabemos sempre lá dentro. Vamo-nos a elas?

1. Amor à primeira vista! Corações e riscas são a minha combinação mais que perfeita!

2. Gosto de t-shirts com palavras ou frases e tenho uma série delas que só uso nas aulas de ballet , mas esta...ahhh é daquelas que “se veste todos os dias” .


3. As cores e o desenho: tão simples quanto vistosa.

4. Mais uma bem portuguesa: Mafalda Leitão com um colorido e imagens inspiradoras.

5. Amarelo, outra cor que parece estar na berra e que cheira a Verão. Provavelmente vesti-la-ía com uns calções de ganga – curtos, mas não tão curtos que ficasse o forro d os bolsos de fora ...é que ele há modas e modas. Perdoem-me o meu conservadorismo!

6. De inspiração be portuguesa, esta t-shirt de "azulejos" da Baínha de Copas!

7. ...e porque o domingo é dia de descanso, dispo a t-shirt e visto o biquini! – afinal tenho de manter vivo o mito de que no Algarve é verão o ano inteiro e os 9 graus que se fazem sentir lá fora fazem parte do meu imaginário.


...e para os senhores, não pensem que me esqueci de vós: a Wasted Rita tem uma coleção de t-shirts com aquelas coisas que muitas vezes vos apetece dizer mas não o fazem!

 

A autora e o blogue
Inseparável da máquina fotográfica e do bloco de apontamentos, quando não anda em trânsito Margarida Vargues vive em Faro. Professora de Inglês de formação, tem uma mente irrequieta que a faz querer saber um pouco de muitas coisas, criou o blogue Pano p’ra Mangas em 2005 para mostrar os seus trabalhos manuais e outras ocupações das horas livres. Em 2012 foi para Londres onde ficou um ano e meio. Regressou ao Algarve onde vive mas alimenta o desejo de viver no Porto. O seu tempo é passado entre livros, aulas de ballet, marketing digital e o seu mais recente projeto como wedding planner.
Blogue
Facebook

 

Textos anteriores no Lifecooler:

2016 - um ano com direito a bónus

A tradição já não é o que era

A farmácia numa colher de chá

Eu, petisqueira, me confesso

Ria de Alvor, um berço da Natureza

DOP ou não DOP eis a questão

Um triângulo amoroso entre o rio, a ria e o mar

À sombra na relva fresca (Alameda João de Deus)

Ilha do Farol - um paraíso entre o mar e a terra

Margarida Vargues | Pano Pra Mangas 2016-03-16

Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida