Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 8
ver todos

Restaurante Ponto Grande

de 8
ver todos

Restaurante típico do Pinhão, mantido em gestão familiar há já três gerações. A cozinha respeita a tradição local, sendo a Costela de Assuã uma das especialidades ali mais apreciadas. Há sempre um cálice de vinho do Porto para dar as boas-vindas aos clientes e o atendimento afável faz com que muitos se tornem fiéis.

Acessos: Junto à Estação de caminhos de ferro do Pinhão.
Acessos para deficientes: Não
Ambiente e decoração: Decoração típica do ambiente do Pinhão dos anos 1960, muito bem conservada. Ambiente familiar e acolhedor.
Dia(s) de Encerramento: Não encerra
Especialidades: Costela de Assuã, Caldeirada de Cabrito, Feijoca com Mão de Vitela e Canelo, Vitela ou Lombo de Porco Assado, Rojões, Pataniscas de Bacalhau com Arroz de Feijão, Pudim Caseiro, Bolo Borrachão, Aletria, Arroz Doce.
Estacionamento: Não
História: Fundado da década de 60 por Artur José Vieira, este restaurante promove a gastronomia típica da região. Mantido na família há três gerações, é uma das casas mais tradicionais do Pinhão.
Horário de Encerramento: 22:30
Período de Férias: Dias 24 e 25 de Dezembro
Preço Médio: 12.5
Sanitários para Deficientes: Não
Tipo de Restaurante: Regional
Horário de Funcionamento: Das 12:00 às 15:00 e das 19:00 às 22:30 (mas é famoso por não recusar servir ninguém, enquanto haja uma luz acesa na casa...)
Acessibilidade de deficientes motores: Acessibilidade condicionada
Área para fumadores: Não Fumadores
Morada: Rua António Manuel Saraiva 41-A
Código Postal: 5085 037 PINHÃO
Tel: 254732456
Distrito: Vila Real
Concelho: Alijó
Freguesia: Pinhão

Ponto Grande - Pinhão


Uma família duriense


Ana Marta Ramos

Há mais de meio século, Artur José Vieira deixou a sua terra natal, no concelho de São João da Pesqueira, atravessou o Douro e instalou-se na vila do Pinhão. O "bichinho" da restauração deu frutos e já vai, hoje, na terceira geração da família.

Postal ilustrado

Chegámos ao "coração" do Alto Douro Vinhateiro, Património Mundial da Humanidade, de comboio. A primeira impressão não podia ter sido mais favorável: de um lado, o rio emoldurado por montes e vinhas e, do outro, a estação de caminhos-de-ferro do Pinhão, embelezada por 24 painéis de azulejos que contam um pouco da história da região e, claro está, do indissociável vinho do Porto.

O edifício Ponto Grande, que engloba um restaurante e uma residencial, fica a escassos metros da estação, na rua principal do centro da vila. Mesmo que não dê por ele à primeira, qualquer pessoa lhe saberá indicar a sua localização. É que a família Vieira já faz parte do "património" local.

Tradição familiar

Hoje, quem nos recebe é José Artur Vieira, mas foi o pai deste, Artur José Vieira, que dedicou a vida à hotelaria, com primor, granjeando uma reputação invejável um pouco por todo o país e até além-fronteiras.

O seu primeiro empreendimento no Pinhão foi uma tasca, de nome Grande Ponto, mas meia dúzia de anos mais tarde o negócio expandiu-se e a família inaugurou a Residencial Ponto Grande, cujo restaurante mantinha o propósito de defender os valores autênticos da gastronomia local. Mais de 40 anos depois, ainda é a viúva do fundador, Maria do Céu, que comanda a cozinha. José Artur, o seu filho, dedica à casa o tempo livre que lhe trouxe a reforma. E Ana, filha deste, assegura a chegada do testemunho à terceira geração da família.

Ao longo dos anos o espaço foi sendo actualizado, de forma a proporcionar aos comensais e aos hóspedes as melhores condições de conforto. Mas a decoração da sala procura manter-se fiel à memória dos anos 70, apostando em mobiliário de estilo em madeira maciça, no basalto e em evocações de atmosferas durienses em pintura ou azulejo. E a ementa, essa é incorruptível.

Sabores autênticos

Saiba que, embora a porta do restaurante ostente um horário convencional, os proprietários garantem que, enquanto houver uma luz acesa na casa, ninguém fica sem ser servido. À simpatia do acolhimento junta-se a oferta de um cálice de vinho do Porto, de preferência de produção caseira.

2007-06-27
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida