Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 23
ver todos

Restaurante Sulitânia

de 23
ver todos

A gerência e cozinha está a cargo da sócia Maria Fernanda Matos. Toda a infra-estrutura assim como decoração mantêm toda a tradição e a boa cozinha. Os pratos regionais são os mesmos acrescentando algumas novidades e modernizando assim a comida tradicional alentejana.

Dia(s) de Encerramento: Segundas, Terças, Quartas, Quintas
Especialidades: Entradas: cogumelos frescos salteados com molho de queijo Mascarpone; figo recheado com queijo de cabra e presunto. Peixe: medalhões de pescada com molho de caril e arroz árabe. Carne : rolo de carne com beringela recheada e gratinada no forno ; croquetes de carne com salada grega. Sobremesas: mousse de maracujá; crepe com gelado e calda de chocolate; sericaia com ameixa de Elvas.
Horário de Encerramento: 00:00
Lotação: 32
Observações: Outros contactos:913 648 855.
Preço Médio: 15.00
Tipo de Restaurante: Portuguesa, Alentejana
Horário de Funcionamento: De sexta a domingo
Morada: Rua do Laranjal 20
Código Postal: 7040 645 VIMIEIRO ARL
Tel: 963991240
Site: www.restaurantesulitania.com
Distrito: Évora
Concelho: Arraiolos
Freguesia: Vimieiro

Restaurante Sulitânia - Arraiolos


Surpresa no Alentejo.


Mafalda César Machado

O Vimieiro, presença branca na planície alentejana, é uma curiosa povoação, com muitas histórias para contar. Mantém a traça original, com o seu casario branco distribuído pelas estreitas e tortuosas ruas com as casas ainda caiadas a cheirar a limpo. 

Uma seta indica a existência de um monumento. O que encontra é, infelizmente, uma ruína daquele que foi o Palácio dos Condes do Vimieiro, doado à Misericórdia, à espera de ver melhores dias.

Ainda se percebe a grandeza colorida do palácio, em amarelo ocre e vermelho, com a sua bela escadaria e o que resta da que foi a sua sala principal. No tecto, em bom estado, um riquíssimo fresco representando pedra de armas da família. A Igreja, próxima, essa sim bem conservada, domina do seu alto a terra, com a marca branca da sua arquitectura tipicamente alentejana.

Casa de comes e bebes

Numa das pequenas ruas perto da igreja - Rua do Laranjal – encontra uma porta em madeira e o nome, Sulitânia. Entra-se e espanta-se. Decorado com bom gosto à maneira das tascas antigas, balcão de mármore com os petiscos à vista, na parede, uma bela garrafeira e mesas de madeira, sem toalhas, prolongam este espaço simpático dedicado aos comes e bebes.

Na parede um cartoon emoldurado a demonstrar o apreço do cartoonista do jornal Público, Luís Afonso, por esta casa. Ao fundo uma imponente laranjeira fornece a sombra às mesas da esplanada interior. A cozinha, bem equipada, está à vista.

Foi preciso coragem para criar uma casa deste género numa terra tão pequena. Mas valeu a pena. A mensagem foi passando de boca em boca, chamando a clientela. Que não se fica pelos petiscos. A originalidade do Sulitânia revela-se ao subir a escada. Aqui está a sala propriamente dita. O tom é moderno, iluminação e quadros a condizer.

Mesas bem postas, bons copos e serviço desempenhado com muita simpatia com um toque especial no sector dos vinhos. Refira-se já que, com maior incidência no Alentejo e nos tintos, a oferta é variada e com o factor qualidade presente. Com o estatuto de vinhos da casa e a preço acessível, tanto o Mouchão como o Comenda são boas escolhas. A vertente culinária contribui, maioritariamente, para a qualidade que o Sulitânia apresenta.

A cozinha de Maria José

2006-10-25
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida