Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 39
ver todos

Restaurante Nood

de 39
ver todos

Localizado no Chiado, o restaurante Nood dedica-se à cozinha asiática. O slogan adoptado é: "Food for your soul" (Comida para a sua alma). À entrada encontra-se o espaço dedicado ao lounge. O restaurante caracteriza-se por uma sala com mesas corridas ao estilo de uma cantina, minimalista e em tons fortes.O restaurante Nood serve pratos de massa, arroz e sopas e também algum sushi. Aqui é proibido fumar porque a ideia é promover comida saudável num ambiente saudável. Dispõe de um menu para crianças.

Bar/Sala de espera: Bar e Sala de Espera
Dia(s) de Encerramento: Não encerra
Especialidades: Entradas: gyoza, yakitori, ebi katsu. Pratos: massa - ramen de galinha, yaki udon; arroz - caril de galinha katsu, teriyaki de salmão; sushi-uramaki. Sobremesa: cheese cake de morango, brownie de chocolate e amêndoa.
Estacionamento: Não
Horário de Encerramento: 00:00
Lotação: 105
Necessidade de reserva: Não aceita reservas
Observações: O restaurante também foi pensado para receber crianças, proporcionando-lhes cadeiras próprias e o usufruto de jogos didácticos, que são levados às mesas.Se quiser levar um pouco da experiência Nood para casa, pode comprar uma série de produtos como pratos, tigelas, talheres, etc. Parques de estacionamento pagos nas imediações: Carmo, Camões e Misericórdia.
Preço Médio: 12.50
Recomendado para grupos: Sim
Sanitários para Deficientes: Sim
Serviços: Ar condicionado, take away.
Tipo de Restaurante: Asiática
Horário de Funcionamento: Das 12:00 às 24:00. Às sextas e sábados, a zona lounge encerra às 02:00.
Morada: Rua da Trindade 14-16
Código Postal: 1200 468 LISBOA
Tel: 213474141
E-mail: info@nood.pt
Site: www.nood.pt
Distrito: Lisboa
Concelho: Lisboa
Freguesia: Sacramento

Restaurante Nood - Lisboa


Cantina asiática no Chiado.


Paula Oliveira Silva

Este novo restaurante de inspiração oriental situado no Chiado, em Lisboa, é indicado para quem tem pouco tempo para dedicar a uma refeição, mas ainda assim não abdica de uma alimentação saudável. Serve os dois estilos: os apressados da hora do almoço e os que têm vagar suficiente ao jantar, antes mesmo do “assalto” aos bares do Bairro Alto, a dois passos dali.

Viva o multiculturalismo

Gabriel Sauma, brasileiro, e Birger Kamrath, alemão, conheceram-se em Londres, na Faculdade de Economia. Desde logo tiveram em comum o desejo de abrir um negócio. Podia ser “qualquer coisa” - segundo explicam - mas acabou por ser um restaurante.

O projecto ainda não está concluído, está em vias de..., já que a ideia é expandir o conceito. Clima ameno e praia por perto foi o "el dorado" que motivou a vinda destes dois jovens para Lisboa para concretizarem este projecto assente na gastronomia tradicional asiática, mas com versões ocidentalizadas e preços em conta.

Esta é uma boa deixa para referirmos o capítulo dedicado ao teppan - massa grelhada na chapa ao estilo japonês – de onde sobressai a soba de bacalhau por 8,90€.

Da cantina moderna...

A sala do Nood parece uma cantina, mas mesmo estando as mesas juntas umas às outras, não há perigo de alguém se engasgar com os preços. A relação qualidade/preço é um dos trunfos desta casa, só comparada ao serviço atento e à rapidez na confecção dos pratos.

Não por casualidade, tudo aqui se come com pauzinhos, embora o garfo e a faca estejam sempre na retaguarda, para o caso... Massas, arrozes, sopas e também algum sushi (uramaki) são as opções possíveis.

Tem este restaurante - aberto em Março deste ano - a particularidade de possuir o sabor de outras paragens. Dos gyoza (ravioli japoneses cozidos ao vapor e grelhados) de porco ou de galinha às espetadas de vegetais grelhadas com molho de ameixa especial (yakitori), para paladares mais agri-doce, as hipóteses para início de refeição são variadas.

2007-05-30
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida