Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 1
ver todos

Parque Natural de Montesinho

de 1
ver todos

Criada em 1979, é uma das maiores áreas protegidas portuguesas, com 75 000 ha e cujo símbolo é a flor de castanheiro. Situa-se no nordeste transmontano, formando um polígono cujos vértices são Bragança, Vinhais, Cisterna e Rio de Onor. Engloba as serras de Montesinho (1438 m) e da Coroa (1117 m), numa paisagem de montanha, marcada pelo contraste entre as cumeadas e os vales abertos pelas linhas de água no terreno xistoso.

Os principais cursos de água - que nascem no parque ou que o atravessam - correm de norte para sul. De ocidente para oriente sucedem-se o rio Mente (na fronteira ocidental do parque), o Rabaçal, o Tuela, o Baceiro, o Onor e o rio das Maçãs. O Baceiro é afluente do Tuela e o Mente afluente do Rabaçal. Tuela e Rabaçal confluem próximo de Mirandela, formando o Tua. Os rios Igrejas e Onor formam o Sabor, na aldeia de Gimonde (perto de Bragança) e alguns quilómetros a jusante o rio Sabor recebe o seu afluente Maçãs.

A paisagem varia da alta montanha (elevações da Lama Grande, a norte da aldeia de Montesinho, onde por vezes neva fortemente), aos lameiros (campos mantidos sempre verdes devido a um engenhoso sistema ancestral de irrigação e reservados ao pasto do gado). As matas, igualmente presentes, incluem carvalhais, soutos, pinheiros e vidoeiros. Quanto à fauna, destacam-se o açor, a águia-real, a toupeira-de-água e o javali. Nas zonas de maior altitude da serra de Montesinho, acima dos 1200 m, é comum haver neve e nevoeiros de Dezembro a Março.

Rio de Onor é a aldeia mais conhecida do parque, pois mantém curiosas tradições comunitárias, mantendo-se o costume de fazer festas com máscaras, inspirados em ancestrais rituais de passagem ou iniciação, por altura do Natal e São Silvestre, numa série de aldeias vizinhas de Bragança.

Acessos: Automóvel: IP4 (Amarante/Bragança/Quintanilha); EN 103 (Vinhais/Bragança); EN 103-7 (Portelo/Bragança); EN 218/EN 218-1 (Quintanilha/Gimonde/Bragança). Comboio - Estação Bragança.
Área: 75.000 ha.
Observações: Existe uma delegação do Parque em Vinhais (Tel. 273771416).
Percursos pedestres: 1 - Percurso de Rio Maçãs, Colado, com uma extensão de 5,5 km, duração de 2 horas e dificuldade média. 2 - Percurso Salgueiro com uma extensão de 13,2 km, duração de 5 horas e dificuldade média/alta. 3 - Percurso Porto Furado com uma extensão de 7,7 km, duração de 3 horas e dificuldade média. 4 - Percurso Ornal com uma extensão de 7,9 km, duração de 3 horas e dificuldade média. 5 - Percurso Ribeira de Ladrões, Meiral com uma extensão de 7,6 km, duração de 2 horas e dificuldade média/baixa. 6 - Percurso Tapada d`À Ponte com uma extensão de 11,4 km, duração de 4 horas e dificuldade média/alta. 7 - Percurso Calçada com uma extensão de 7,2 km, duração de horas e dificuldade média.
Serviços disponíveis: Núcleo Eco-museológico, Centro de Informação, Percursos Pedestres, Centro Hípico, Parque de Campismo, Parque de Merendas
Título: Bosques e colinas encantados
Morada: Rua Cónego Albano Falcão Lote 5 Apartado 90 - Bairro Rubacar
Código Postal: 5301 901 BRAGANÇA
Tel: 273381444
E-mail: pnm@icn.pt
Site: www.icn.pt
Distrito: Bragança
Concelho: Bragança
Freguesia: Santa Maria
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida