Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

Azeites do Ribatejo - DOP

Azeites do Ribatejo - DOP

Azeite com excelentes características, ligeiramente espesso e frutado. O solo calcário e o clima mediterrânico da região tornam-na bastante propícia ao cultivo da oliveira. Já nos séculos XII e XIII os reis faziam referência ao azeite nos forais que concediam. À época, Santarém era considerada um dos principais centros produtores de azeite. No século XVIII passou a predominar na região a variedade de azeitona Galega, mais resistente às pragas. Mais recentemente, foi o escritor e historiador Alexandre Herculano que veio a revolucionar a ovicultura regional, introduzindo importantes alterações na laboração, tendo, por isso, chegado a receber o cognome de "Azeiteiro".

Acidez: Baixa a muito baixa.
Apanha: Manual.
Aroma e Sabor: Frutado
Classificação Genérica/Oficial: Azeite Virgem e Virgem Extra.
Coloração: Amarelo ouro, por vezes ligeiramente esverdeado
Endereço (OCC): Quinta das Cegonhas - Apartado 513, 2000-906 SANTARÉM
Fax (OCC): 243333869
Forma de Consumo: É utilizado quer cru quer cozido, como tempero nos pratos da cozinha tradicional ribatejana (sopa de pedra, caldeirada, escabeches, entre outros). Na região de Tomar são famosos os bolos de azeite.
Legislação Aplicável: A área geográfica delimitada de produção consta do Despacho nº 28/94, de 04-02, o qual também reconheceu a Denominação de Origem. A Associação para a Promoção do Desenvolvimento Rural do Ribatejo foi reconhecida como Organismo Privado de Controlo e Certificação pelo Aviso do DR nº 28, de 03-02. A Denominação de Origem foi registada e protegida pelo Regulamento (CE) nº 1107/96, de 12-06.
Observações: DOP - Denominação de Origem Protegida
Organismo de Controlo e Certificação: APRODER - Associação para a Promoção do Desenvolvimento Rural do Ribatejo
Processo de Fabrico: O tempo que decorre entre a colheita e a laboração da azeitona não pode exceder as 48 horas. A azeitona é primeiramente lavada, desfolhada e moída, sendo em seguida batida a massa, a uma temperatura máxima de 35ºC. Em nenhuma das operações o azeite pode ser sujeito a uma temperatura superior à referida, de forma a que as suas características organolépticas não sofram alterações. No final do processo, o azeite é embalado em garrafas de vidro incolor.
Produção Anual (Toneladas): 3400
Telefone (OCC): 243333894
Transporte: A granel.
Variedade das Azeitonas: Galega, para a sub-região A, e Galega e Lentisca, para a sub-região B.
Zona de Origem: A área geográfica de produção está circunscrita aos concelhos de Abrantes, Alcanena, Alcobaça, Alvaiázere, Azambuja, Cartaxo, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Gavião, Golegã, Mação, Ourém, Pombal, Porto de Mós, Santarém, Sardoal, Tomar, Vila de Rei, Vila Nova da Barquinha e Torres Novas.
Morada: Rua de Santa Margarida 1 A
Código Postal: 2000 114 SANTARÉM
Tel: 243323794
E-mail: agricultoresribatejo@clix.pt
Distrito: Santarém
Concelho: Santarém
Freguesia: Marvila
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida