Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 6
ver todos

Açorda de Sável

de 6
ver todos

Prato típico do Ribatejo, região marcada pelo rio ao qual vai buscar o nome e onde a gastronomia é dominada pelo modo de vida ribeirinho. Do Tejo e seus afluentes vinham os peixes que deram fama à açorda de sável e a outros pratos regionais como a fataça na telha ou a caldeirada à fragateiro. Hoje esses peixes já rareiam nas águas do Tejo, mas o modo de os cozinhar mantém-se. A açorda de sável é o acompanhamento característico do sável frito, cujas postas são para fritar e a cabeça, rabo e ovas são aproveitadas para preparar esta conhecida especialidade da cozinha ribatejana. As pequenas variantes conhecidas não alteram o essencial da receita.

Dicas para a confecção: Levam-se ao lume os coentros, a cebola, o alho, o louro e o sal. Quando esta mistura ferver, junta-se a cabeça, rabo, posta e ovas do sável e deixam-se cozer. Corta-se o pão às fatias, que se regam com a água de cozer o peixe. Juntam-se as ovas de sável e esmagam-se com o pão. Em seguida, deita-se esta açorda num tacho, faz-se um buraco no meio, onde se deita o azeite e tempera-se com piripiri. Por fim, deita-se a açorda numa travessa e rega-se com sumo de limão.
Época de Confecção: Antes da desova do Sável
Código Postal: 2000 SANTARÉM
Distrito: Santarém
Concelho: Santarém
Freguesia: Marvila
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida