PORTUGAL FAZ-LHE BEM

Barcos-casa Amieira Marina – Portel

Entre os 15 barcos-casa que a Amieira Marina disponibiliza pode escolher aquele que melhor se adequa ao seu perfil.
Se vier com 12 pessoas, o melhor é optar pelo barco Amieira. Inclui cinco cabinas e um sofá cama.
Para um casal basta-lhe o Portel, com preços mais acessíveis e apenas uma cabine.
Todos eles foram baptizados com nomes de aldeias ribierinhas do Alqueva ou de lugares da região.
Em todas as embarcações há canoas e kayaks, bem como bicicletas e canas de pesca. Tudo incluído no preço do aluguer do barco.
E a albufeira do Alqueva está à disposição. Para navegar nos barcos-casa, tem de ter atenção ao percurso… Há no lago zonas com pouca profundidade.
Como evitá-las? Siga as bóias que estão colocadas ao longo dos 250 quilómetros quadrados navegáveis.
Se a visibilidade estiver difícil faça-se valer do GPS e da sonda sonar instalados junto ao volante no interior da embarcação.
Em todas as aldeias ribeirinhas do Alqueva há um cais onde pode deixar a embarcação, inclusive na barragem, do Alqueva, e partir à descoberta da região, desta vez com os pés bem assentes no chão.
Nem sempre os centros históricos são próximos dos cais, mas tem todo o tempo que quiser para a caminhada. Se preferir, pedale.
Não perca por exemplo a oportunidade de visitar Monsaraz. Do topo do castelo desta pequena vila medieval alentejana pode observar todo o Alqueva.
Ou a nova aldeia da Luz, aquela que substitui a localidade afundada em 2002 quando foram fechadas as comportas da Barragem do Alqueva.
Se não lhe apetecer cozinhar, tem sempre o Restaurante Panorâmico da Amieira Marina. Com a esplanada a simular uma proa, vai parecer-lhe que nunca chegou a sair do barco…
Para mais tarde recordar as férias, pode comprar umas lembranças na loja de recordações da Amieira Marina.

Navegar e dormir descansado

Andreia Melo 2010-05-03

Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida