PORTUGAL FAZ-LHE BEM

4º Passeio Caixa Carbono Zero - Da Mina de São Domingos ao Pomarão

À descoberta da linha alentejana perdida

A mina de cobre de São Domingos, no Baixo Alentejo, perto de Mértola, já tinha sido explorada no tempo dos romanos e teve o seu período áureo entre 1857 e 1966. Aqui trabalharam milhares de mineiros, formando-se uma povoação de raiz no meio dos campos. Para transportar o minério foi construída em 1858 uma linha de caminho-de-ferro até ao porto fluvial do Pomarão, no rio Guadiana onde era embarcado até Vila Real de Santo António. Da desactivação da mina ficou um rico património de arqueologia industrial que pode ser apreciado percorrendo a plataforma da antiga via-férrea.

Região: Alentejo
Como chegar: A partir de Beja pela EN265, direcção Mértola; em Mértola passar o Guadiana e seguir para a Mina de São Domingos
Início: Corta da Mina, São Domingos
Fim: Porto fluvial do Pomarão
Época aconselhada: Primavera, final do Verão e Outono
Extensão: 17 km
Características: Passeio em linha por antiga linha ferroviária mineira
Sinalização: Não existe sinalização mas o traçado da antiga linha é evidente
Dificuldade: Médio/difícil
Outros: Pontões destruídos, travessia de linhas de água e de alguns túneis, dois dos quais com mato e derrocadas à saída
Cartas: 1/25.000 do IGOE: 559 e 567

Cartão Caixa Carbono Zero: o cartão que enCaixa Natureza. Saiba mais.

Aqui está um passeio que, sendo bonito e gratificante não é para todos. Isto quer devido à sua extensão (17 km), quer às características do trajecto, com muitos pontões desaparecidos que obrigam a passar linhas de água a vau e, sobretudo, com uma sucessão de túneis no troço final, alguns dos quais com saídas trabalhosas devido ao mato que cresceu e às derrocadas.

Mesmo com bom tempo é conveniente levar boas botas de caminhada (capazes de aguentarem alguma água) e lanterna porque a extensão de alguns dos túneis a isso obriga. Claro que, dispondo de uma viatura de apoio, poderá dividir o passeio em dois troços, fazendo numa ocasião o percurso entre a Corta da Mina e Bens e numa outra a parte final até ao Pomarão que implica a passagem nos túneis.

Um táxi ou outra viatura será sempre necessária para o regresso do Pomarão a São Domingos. Este passeio é realizável de bicicleta, sobretudo na primeira parte, já que na zona dos túneis a companheira de duas rodas estorva mais do que ajuda.

Rui Nogueira 2010-08-25

Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida