Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 230
ver todos

Restaurante Solar dos Amigos e Ilha do Paraíso

de 230
ver todos
Acessos: Quem vem da A8 deve sair no nó da Tornada (início do troço norte com portagem) e entrar na EN8 (recta da Tornada) para então virar à direita em direcção a Alcobaça. Cerca de 400 metros depois, desviar à direita. Seguir sempre em frente (subindo a serra) cerca de dois quilómetros. Passa junto às instalações de um clube desportivo, vira na primeira à direita, seguindo sempre em frente até à aldeia do Guisado.
Ambiente e decoração:

A decoração é rústica. O primeiro proprietário e seu genro são aficcionados pela arte equestre, por isso há cartazes de touradas espalhados pelo restaurante e telhas pintadas com imagens destes animais bem como de ruas de Óbidos, ali perto. Logo na primeira sala um enorme braseiro denuncia a especialidade do restaurante. O bacalhau e o novilho estão no topo da lista. Uma secção especial dedicada ao porco preto e ao fim-de-semana cozido à portuguesa e o cabrito. Se as meias doses são muito generosas imagine as inteiras. E os preços são de amigo. Um cesto cheio de sobremesas caseiras dificulta a escolha. Para a despedida, um gole de jeropiga ou ginjinha de Óbidos caseiras.

Bar/Sala de espera: Bar
Dia(s) de Encerramento: Quartas
Especialidades: Entradas: Requeijão com doce de abóbora; enchidos (farinheira, morcela, alheira...). Pratos Principais: Peixe e carne grelhados; Enguias fritas, Bacalhau à campino. Sobremesas:
Estacionamento: Sim
História: A história desta casa começou nos anos 80 servindo apenas petiscos ao som do fado. A clientela começou a crescer e para tal foram acrescentadas mais duas salas, a chamada Ilha do Paraíso com ar condicionado. Quem toma conta dos destinos da casa é a filha do primeiro proprietário.
Horário de Encerramento: 23:00
Lotação: 98
Necessidade de reserva: Obrigatório
Observações: Encerra às quartas excepto nos feriados.
Período de Férias: Aberto todo o ano.
Preço Médio: 25.00
Recomendado para grupos: Sim
Sanitários para Deficientes: Não
Serviços: Ar condicionado.
Tipo de Restaurante: Portuguesa, Regional
Horário de Funcionamento: Das 10:00 h às 23:00 h.
Acessibilidade de deficientes motores: Acessibilidade condicionada
Área para fumadores: Não Fumadores
Morada: Rua Principal 49 Guisado
Código Postal: 2500 633 SALIR DE MATOS
Tel: 262877135
E-mail: restaurantesolardosamigos@hotmail.com
Site: www.solardosamigos.com
Distrito: Leiria
Concelho: Caldas da Rainha
Freguesia: Salir de Matos

Solar dos Amigos e Ilha do Paraíso – Caldas da Rainha


Casa de boa gente e mesa farta.


Paula Oliveira Silva

Nas lembranças que trazemos de uma viagem não têm só lugar os lugares que fotografámos. Há sempre um cantinho especial para os sabores que provámos e as pessoas que conhecemos. É essa a sensação que se fica quando se vai ao Solar dos Amigos e Ilha do Paraíso, restaurante com nome amistoso, a poucos quilómetros das Caldas da Rainha.

Grelha ao lume

Lá para as bandas da Tornada, procurámos uma aldeia que ganhou nome de preparado de cozinha, o Guisado. Com um nome destes só se pode ir bem referenciado.

Assim que se chega pensa-se estar perante um café de aldeia, simples e humilde, mas só uma espreitadela para o interior do restaurante (o café fica na porta ao lado) pode deduzir outra leitura.

Como qualquer casa, o Solar dos Amigos tem a alma na sala que tem a "lareira". Um enorme braseiro, como que a dizer qual a especialidade do restaurante, (e não são os guisados), grelha carne e peixe, as estrelas da ementa.

O bacalhau e o novilho estão no topo da lista. Uma secção especial dedicada ao porco preto, onde não faltam os secretos e as plumas, apresenta propostas tão gostosas quanto o misto de carnes e a entremeada. Um churrasco à séria. E os preços são de amigo com as meias-doses (algumas a darem para duas pessoas) a começarem nos 10 euros. O cozido à portuguesa e o cabrito são opções de peso mas apenas disponíveis aos sábados. O primeiro pode ainda ser degustado ao domingo.

No entanto, há algumas propostas que não passam pela grelha. As enguias fritas e o bacalhau à campino (cujo recheio é composto por feijão e couve recheando um pão caseiro) são dois casos.

Os que não têm medo de ficar sem apetite, pois as doses e meias-doses são aqui generosamente servidas, que experimentem as entradas. Uma das mais famosas é o requeijão com doce de abóbora. Não, não é sobremesa. Depois há também os enchidos de muitas variedades que passam pela grelha (morcela, linguiça, farinheira...)

Um rol de sobremesas caseiras dificulta a escolha. Há doces de ovo, de figo e nozes, de natas... Depois de tanta fartura, espaço no estômago só se for para um café e um "S", típico biscoito das Caldas da Rainha. E para uma jeropiga ou ginjinha de Óbidos, vá, ambas caseiras.

2006-05-10
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida