Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

10º

de 529
ver todos

Restaurante Dona Maria

10º

de 529
ver todos
Acessos para deficientes: Não

Trata-se de um espaço com uma decoração simples, despretensiosa e com ambiente familiar, cuja a sala é ampla e luminosa. O atendimento é simpático e a cozinha portuguesa é a eleita. Possui também uma boa carta de vinhos.

Dia(s) de Encerramento: Domingos (Jantares)
Especialidades: Filetes de pescada; Polvo assado na brasa; Rojões à moda do Minho; Cabrito assado no forno; Vitela assada no forno; Tripas à moda do Porto; Filetes de polvo com arroz de polvo; Paelha
Estacionamento: Sim
Horário de Encerramento: 22:00
Lotação: 84
Necessidade de reserva: Não é necessário
Período de Férias: De 15 a 30 Agosto
Preço Médio: 20.00
Recomendado para grupos: Não
Sanitários para Deficientes: Não
Serviços: sala climatizada
Tipo de Restaurante: Portuguesa
Horário de Funcionamento: Das 12:00 h. às 15:00 h. e das 19:30 h. às 22:00 horas.
Acessibilidade de deficientes motores: Acessibilidade condicionada
Morada: Rua do Barreiro 218 Madalena
Código Postal: 4405 730 VILA NOVA DE GAIA
Tel: 227116043
E-mail: dmaria1@mail.telepac.pt
Distrito: Porto
Concelho: Vila Nova de Gaia
Freguesia: Madalena

Restaurante Dona Maria - Vila Nova de Gaia


Cada cliente, um amigo.


Mafalda César Machado

Não é propriamente inédita a afirmação, como aliás o refere no seu estilo despretensioso o proprietário deste, porque não, amigável restaurante: “Devo salientar e correndo o risco de me servir de uma frase estafada, que cada cliente é um amigo...". Para quem visitar esta casa não vai ser difícil entender o significado e alcance da afirmação proferida. No atendimento, e ninguém se esquece que é de um serviço que se fala aqui (embora para uma grande maioria dos que o praticam seja encarado como actividade menor e assumido com arrogância e esforço), a simpatia, ou talvez melhor, a afabilidade prestada ao cliente eventual, (o anonimato serviu de prova é bom que se refira), é uma mais valia de relevo no D. Maria.

Sem dúvida uma das razões para que esta seja permanentemente uma casa cheia. Apesar de não constar do conhecimento do público em geral. A contenção que souberam manter na publicidade do restaurante, aliás desnecessária, como faz prova o número de refeições que diariamente servem, permite-lhe ser ainda daqueles segredos que sabe bem contar a quem se gosta.

Sugestões

É efectivamente no registo da boa comida que se enquadra a prática da cozinha desta casa.
De oferta curta, sem dúvida, e segura, uma certeza.
A base vem diariamente da sugestão do chefe, como se pode ler na ementa. São estas, variáveis, com algumas linhas de constância: uma sopa, na maior parte das vezes de legumes, aproximadamente cinco escolhas de peixe e outras tantas de carne. Já lá iremos à apreciação da sua essência.
Também nas sugestões, há que ter em conta a atenção prestada ao sector vinícola. Como vinhos da casa, do verde ao maduro, tanto branco como tinto, surgem opções com graça, umas pela novidade outras pelo inesperado, sempre na hipótese do serviço a copo, já agora nada mal escolhidos (os copos), hipótese que parece finalmente ter entrado na normalidade da restauração nacional.
E noutra rubrica estão os vinhos recomendados, onde se aplica a mesma apreciação. Evidentemente que a selecção pela lista é outra alternativa, mas, tendo em conta a atenção dada nas escolhas referidas, é por estas, que, na prática integrada deste restaurante, na procura da complementaridade, despretensiosa, entre o que se come e se bebe, que se deve seguir.

2006-03-31
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida