Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 44
ver todos

Quinta do Cão

de 44
ver todos

Inserida num deslumbrante enquadramento natural, na paisagem única do Douro, a Quinta do Cão desenvolve-se em sucessivos patamares que descem até ao rio. O ambiente exterior é de absoluta tranquilidade e o interior da casa está decorado com gosto e atenção ao detalhe.Horta, pomar e capoeira asseguram os jantares que aqui se preparam e uma churrasqueira à disposição dos clientes garante os grelhados na altura do Verão.

Acessos: A4 em direcção a Vila Real, saia em Penafiel Sul/Entre-os-Rios, segue pela EN 106 em direcção a Entre-os-Rios. Em Entre-os-Rios segue em direcção a Alpendurada e depois apanha a EN 108 em direcção à Régua. Cerca de 6 km depois, vire à direita para o Lugar do Cão em direcção ao rio e à Quinta do Cão.
Estilo: Special Places
Localização: Montanha, Beira-rio
Nº de camas: 10
Nº de quartos: 7
Nº de suites: 3
Observações: Possibilidade de alugar a Quinta na sua totalidade.
Período de funcionamento: Todo o ano.
Preço Época Alta: 110.00
Preço Época Baixa: 90.00
Categoria: Turismo Rural
Serviços / Equipamentos: Biblioteca, Bicicletas, Jardim, Música ou rádio nos quartos, Parque infantil, Pesca, Piscina exterior, Refeições, Sala de bilhar/snooker, Sala de estar comum, Sala de TV e/ou vídeo, Ténis, Ténis de mesa, Aquecimento
Morada: Lugar do Cão
Código Postal: 4630 SÃO LOURENÇO DO DOURO
Tel: 917201078
E-mail: info@quintadocao.com
Site: www.quintadocao.com
Distrito: Porto
Concelho: Marco de Canaveses
Freguesia: São Lourenço do Douro

Quinta do Cão, debruçada sobre o Douro


O nome não destaca mas tudo o resto fica-nos gravado na memória.


Paula Oliveira Silva

A vista, meus amigos, a vista...

Antes de mais, segue o aviso. Sítios como este padecem do impulso de, aquando do relato, o reduzirmos ao essencial. Único, bonito e agradável são adjectivos que não enganam mas ficam muito aquém da experiência de aqui ter estado...

Ao avistar esta paisagem fico com a suspeita que o primeiro olhar de quem pegou nestas casas em ruínas e as transformou naquilo que hoje são, se fixou no rio. É um lugar bom demais para não se viver ali um dia quando as obrigações profissionais não forem tão exigentes. Os seis hectares de terreno em declive têm tudo o que compete a uma quinta que se digne desse nome. Horta, pomar e capoeira asseguram os muito bem confeccionados jantares que obedecem a marcações atempadas. E se são saborosos... Come-se aquilo que se planta e os animais que aqui são criados. À moda antiga. Uma palavra de apreço ainda para a churrasqueira à disposição dos clientes e que deve fazer uns grelhados de deixar água na boca. Na sala de jantar ou cá fora a olhar, imaginem só, para o Douro, o próprio, que não deixou a tarefa para algum afluente ou coisa que o valha... este rio, conhecido por todos os portugueses, limita fisicamente a quinta e possibilita a chegada por via fluvial. Que aqui não lhe vão faltar ideias para descarregar a adrenalina no rio, isso lhe garantimos. Mas para descanso, comece por sentar-se no ancoradouro, só porque é Verão e para não perder o hábito de mergulhar os pés em água fresca. Um rio só para si. Quer melhor luxo do que a fuga à massificação?

Gente que sabe o sabor que tem um passeio pelo Douro acima acena dos rabelos e de outras embarcações e o cumprimento é devolvido. E até o podemos fazer dos quartos porque de qualquer um deles se vê o rio. A inveja é mesmo um sentimento muito feio...


Sonho de uma noite de Verão

Ou de Inverno tanto faz que esta coisa dos bons sítios tem que passar ao teste das estações. A piscina transbordante é um dos fortes argumentos para esta altura mas a sala com a sua enorme lareira não lhe fica atrás nos dias frios que esta zona entre serras e montes tão bem conhece. E a vista? Olhe lá bem para a fotografia que se segue. Precisa que lhe diga mais alguma coisa?

2004-07-13
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida