Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

25º

de 758
ver todos

Quinta da Vigia

25º

de 758
ver todos

A Quinta da Vigia, constituída por apartamentos T1 e T2, fica situada mesmo à beira mar, oferecendo uma excelente panorâmica e um ambiente de calma e total relaxamento. Entre a serra e o mar, a localização é excelente para descobrir a idílica região de Sintra.

Categoria: 3 estrelas
Localização: Beira-mar
Nº de apartamentos: 11
Nº de camas: 60
Observações: Outros contactos: 914164602Apartamento T1 - 2 Pessoas: Época alta - ? 110.00 / Época baixa ? 65.00) Apartamento T1 - 4 Pessoas: Época alta - ? 130.00 / Época baixa ? 80.00) Apartamento T2 - 4 Pessoas: Época alta - ? 150.00 / Época baixa ? 90.00) Apartamento T2 - 6 Pessoas: Época alta - ? 170.00 / Época baixa ? 110.00) Estes preços não são válidos para Épocas Especiais : Ano Novo; Páscoa ; Carnaval e Feriados Nacionais.
Período de funcionamento: Todo o ano.
Cadeia / grupo de hotéis:: Não
Acessibilidade física: Lugares de estacionamento para pessoas com deficiência, Entrada e acesso à sala possível por pessoas em cadeira de rodas
Serviços / Equipamentos: Bar, Ginásio, Parque de estacionamento, Piscina exterior, Sala de bilhar/snooker, Sala de TV e/ou vídeo, TV Satélite/TV Cabo, Aquecimento
Morada: Rua da Praia Pequena 20
Código Postal: 2705 329 COLARES
Tel: 219282877
E-mail: vigia@quintadavigia.com
Site: www.quintadavigia.com
Distrito: Lisboa
Concelho: Sintra
Freguesia: Colares

Quinta da Vigia - Sintra


Nas arribas da Praia Pequena, uma Quinta que vigia o mar.


N'Dalo Rocha

A vista da falésia

Há lugares que marcam pontos apenas pela sua localização, e sem dúvida que a Quinta da Vigia pertence a este restrito clube.

Ergue-se na falésia da Praia Pequena e abriu portas como apartamentos turísticos precisamente há seis anos. Integrada numa zona de paisagem protegida na qual não é mais permitida a construção, os apartamentos da Quinta da Vigia resultaram da reconversão arquitectónica do actual proprietário que transformou os antigos anexos para arrumos que simultaneamente também acolhiam barcos de pesca, para aí serem guardados e arranjados.

Dessa recuperação resultaram os actuais apartamentos, T1 e T2. Todos orientados para o Atlântico, são amplos e muito luminosos. À entrada, uns pequenos muros em formato arredondado criam a privacidade necessária em relação aos vizinhos, formando um pequeno pátio individual, onde sabe bem descansar e apreciar a infinita linha do horizonte traçada pelo mar.

Já no interior, surpreendemo-nos uma vez mais com o espaço e a luz que penetra pela oportuna clarabóia, que inunda a sala de luz tornando-a mais vistosa.
Os quartos são separados por uma parede amovível que desliza, isolando-os do resto do espaço.

Ao fundo, eis a cozinha com todo o equipamento necessário para se preparar apetitosos jantares ou apenas refeições leves ao longo do dia. Para além dos utensílios que vão até uma máquina de lavar loiça, existe também o balcão de madeira com bancos e cadeiras, e nos apartamentos T2 este é oportunamente substituído por uma mesa junto à janela com vista para o mar. Na sala, são os sofás-camas de pano azul marinho que fazem o contraste pictórico com as paredes de um branco alvo. Numa palavra, convence. Depois, no lado de fora, a piscina. Simples e redundantemente com vista sobre o mar. Como não é difícil de imaginar, esta arriba é um lugar bastante fustigado pelo vento, ainda que a piscina esteja mais ou menos resguardada. Pode até parecer estranho num lugar com praias, mas sendo o mar muito bravo nesta parte da costa que tantas vezes obriga a que a bandeira vermelha seja hasteada, nem sempre é possível tirar partido das praias que nos rodeiam. E para grandes males, grandes remédios.

2004-07-20
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida