Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 43
ver todos

Palace Hotel & Spa Termas de São Vicente

de 43
ver todos

O Palace Hotel & Spa Termas de São Vicente, unidade de quatro estrelas localizada em Pinheiro, Penafiel, disponibiliza duas alas, uma histórica e outra charme. Nas áreas comuns tem um restaurante, bar, sala de conferências e de jogos. A unidade proporciona acesso directo ao spa e balneário termal, com tratamentos para problemas respiratórios e do aparelho músculo-esquelético, bem como outros cuidados de relaxamento e beleza, como a vinhoterapia, aromoterapia e cromoterapia. Está inserido num parque com árvores seculares e um balneário luso-romano.

Acessos: EN 106, que liga Penafiel a São Vicente
Categoria: 4 estrelas
Hotéis nacionais pertencentes ao grupo: Hotel Monte Rio, Termas de S. Tiago Palace Hotel & SPA, Hotel Montemuro, Ribeirotel, Termas de São Miguel Palace Hotel & SPA, Palace Hotel & SPA Douro, Hotel Monte Rio, Caldas da Cavaca.
Localização: Campo
Nº de quartos: 135
Nº de suites: 3
Cadeia / grupo de hotéis:: Grupo de Desenvolvimento das Termas de Portugal
Acessibilidade de deficientes motores: Acessibilidade fácil
Serviços / Equipamentos: Bar, Restaurante, Sala de reuniões / conferências
Código Postal: 4575 373 PINHEIRO PNF
Tel: 255617080
E-mail: geral@termasdesaovicente.pt
Site: www.termasdesaovicente.pt
Distrito: Porto
Concelho: Penafiel
Freguesia: Pinheiro

Termas de São Vicente Palace Hotel & SPA – Penafiel


História, charme e águas que curam


Nelson Jerónimo Rodrigues

Inauguradas em 1906 e reabertas em 2008, as Termas de São Vicente recuperam a glória de outros tempos ao fundirem o passado do balneário romano, a elegância dos palacetes antigos e a modernidade das novas instalações. Uma vida milenar que faz jus à qualidade das suas águas, consideradas das mais sulfurosas da Europa. Sob o brilho das quatro estrelas e o verde de um frondoso jardim há um sonho cor-de-rosa que vale a pena descobrir.

Corriam os primeiros séculos da cristandade e já os romanos se rendiam às águas que hoje brotam das Termas de São Vicente, situadas a três quilómetros de Entre-os-Rios, no concelho de Penafiel. A prová-lo está o balneário luso romano, construído no ano 315 d.C., cujas ruínas encontramos logo à entrada do complexo termal.

Ao lado fica o atual balneário, charmoso edifício cor-de-rosa de inícios do século passado (inaugurado em 1906) onde sobressai uma torre octogonal a fazer lembrar os contos de príncipes e princesas. Depois de várias décadas ao abandono, foi exemplarmente recuperado e o mesmo aconteceu com o antigo hotel, que manteve os espaços mais emblemáticos do passado mas ganhou uma nova ala e até um SPA.

O ano de 2009 marcou, assim, o nascimento do Palace Hotel & SPA, unidade de quatro estrelas rodeada por um tranquilo parque de árvores seculares. Com ele renasceram também as históricas Termas de São Vicente, agora mais modernas do que nunca e com um leque de ofertas que junta os clássicos tratamentos de saúde aos novos cuidados de relaxamento e beleza.

Piscina, spa ou balneário termal?

A piscina dinâmica, uma das primeiras em Portugal a utilizar águas termais, é um dos principais ex-líbris das Termas de São Vicente. Num só espaço, os aquistas podem fazer uma espécie de circuito que inclui hidromassagem sequencial, jacuzzi, cama de aerobanho, cascata e corredor de marcha, entre outros mimos. Uma forma rápida (60 minutos) e acessível (11 euros) de experimentar as virtudes destas águas sulfurosas e alcalinas, cuja nascente fica mesmo sob o edifício e até pode ser visitada.

O SPA é ideal para quem procura um cuidado de relaxamento ou beleza, sem necessitar de passar por uma consulta médica. Dos duches (sensações, Vichy, etc.) às massagens com pedras quentes vulcânicas, passando pela vinhoterapia do Douro são muitas as opções à disposição. Para um momento a dois nada melhor que solicitar a sala VIP e experienciar o romantismo da banheira dupla de hidromassagem.

Já o balneário termal é aconselhado para o tratamento de inúmeras patologias, sobretudo ao nível dos aparelhos respiratório (como asma ou sinusite) ou músculo-esquelético (osteoartrose, tendinites, mialgias, etc.). Neste caso é obrigatória uma consulta e prescrição médica que, regra geral, prolongam os tratamentos por vários dias ou semanas.

História dentro e fora de portas

O alojamento no Palace Hotel & SPA está dividido em duas alas: a Ala Histórica, situada no antigo edifício, e a Ala Charme, que ocupa a parte nova. A primeira foi totalmente remodelada mas mantém o ambiente do passado, embora os quartos (twin e single) sejam um pouco mais pequenos. É também aqui que encontramos os espaços mais históricos da unidade, como o sumptuoso salão de festas ou a antiga receção, onde salta à vista uma original escadaria em madeira, escudada por duas belas imagens femininas.

Quanto à Ala Charme oferece áreas maiores e mais modernas, além de três suites (quarto + sala), ideais para casais com filhos que procuram mais privacidade. Já a decoração, simples mas elegante, é muito semelhante em ambas, sobressaindo o mobiliário antigo (também ele recuperado) com um toque vintage. No total, a unidade oferece 130 quartos, todos equipados com ar condicionado, televisão satélite e acesso direto ao interior do balneário termal e do spa.

No exterior, os hóspedes podem passear nos jardins envolventes e admirar o balneário luso-romano ou a Capela de São Vicente, situada no ponto mais alto do parque termal. Isto já para não falar nos muitos monumentos a visitar em Penafiel e nos concelhos vizinhos, com destaque para os que compõem a Rota do Românico.

Elegância a toda a prova

Diz quem sabe que os ares saudáveis e as águas milagrosas de São Vicente costumam puxar pelo apetite, por isso também não falta um restaurante - O Conforto – com mesa farta e sala ampla. Regra geral, as refeições são em regime de bufete mas nas épocas baixas os clientes têm direito a menu do dia com serviço à mesa.

Entrada, sopa, dois pratos principais (um de peixe e outro de carne), sobremesa e café por 13.90€ é uma boa alternativa à carta fixa, onde merecem destaque o bacalhau com presunto em crosta de pão de milho, o robalo corado com semente de sésamo ou o bife à Palace.

Refeições servidas num ambiente elegante e distinto que faz lembrar os tempos áureos do termalismo em Portugal. Desde então muita água correu (e nasceu) por São Vicente mas, entretanto, as termas souberam modernizar-se e acrescentaram um toque de vanguarda ao charme de sempre. O melhor de dois mundos para descobrir num clássico reinventado.

2014-02-05
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida