PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 11275
ver todos

Hotel Olissippo Castelo

de 11275
ver todos

Localizado junto à muralha do Castelo de São Jorge e com vista magnífica sobre a cidade, é um Hotel que privilegia a tradicional hospitalidade portuguesa, proporcionando um ambiente familiar e acolhedor.

Categoria: 4 estrelas
Classificação: 4 estrelas
Hotéis nacionais pertencentes ao grupo: Hotel Olissippo Marquês de Sá
Localização: Centro Cidade/Vila
Nº de camas: 48
Nº de quartos: 24
Nº de suites: 4
Cadeia / grupo de hotéis:: Olissippo Hotéis
Serviços / Equipamentos: Ar condicionado em áreas comuns, Ar condicionado nos quartos, Bar, Cofre nos quartos para guarda de valores, Elevador, Garagem, Lavandaria, Minibar, Quartos com linha telefónica para ligação de modem, Sala de estar comum, Serviço de quartos, Telefone nos quartos, TV nos quartos, TV Satélite/TV Cabo
Morada: Rua Costa do Castelo 126
Código Postal: 1100 179 LISBOA
Tel: 218820190
E-mail: info.oc@olissippohotels.com
Site: www.olissippohotels.com/pt/Grupo/Hoteis-Olissippo/Castelo/O-Hotel.aspx
Distrito: Lisboa
Concelho: Lisboa
Freguesia: Socorro

Hotel Olissippo Castelo


Para quem ama Lisboa...


Paula Oliveira Silva

Cheira a Lisboa

Ao fim da tarde, um cálice de vinho do Porto a ver Lisboa. A capital é bonita, e ainda mais parece vista do terraço privativo do quarto do Hotel Olissippo Castelo. Por momentos tive a sensação de que se abrisse os braços conseguia abarcar a cidade. Como se isso fosse possível... E a culpa nem é do licor que um golo não dá para tanto.

A Graça está em frente e tem um miradouro fantástico que pisca o olho ao Tejo. O rio não o vemos porque demos as costas à fortaleza. Não se pode ter tudo. Penso nos turistas e no que significa alojar-se no coração de Lisboa. Quem aqui fica não precisa de carro. Vai a pé até aos monumentos que não pode deixar de visitar. O castelo é um, a Sé será outro. E com o eléctrico 28 a passar por quase todas as colinas de Lisboa, nem é preciso tanto esforço.

O lugar do descanso

Os quartos fazem questão de ter uma pequena zona de estar, ao que se vêm juntar as largas camas. Os roupeiros espelhados são outra marca do hotel e as gravuras de Lisboa fazem-lhe companhia. De resto, a decoração vive atenta aos pequenos pormenores com a luz indirecta a fazer muito pelo ambiente. Predominam os tons relaxantes como os azuis e os cremes com o papel de parede a ser um ponto de diferença. Clássico sim, mas com anotações de modernidade como é o exemplo de algum mobiliário.

Nas casas de banho não existe outra cor para além do branco, atoalhados inclusive. O mármore tem essa capacidade de conferir um aspecto de brilho e limpeza permanentes. Não há nada como os materiais naturais.

O espaço é bonito, cómodo e funcional, mas são as enormes janelas de vidro que vão do chão até ao tecto e que estão no lugar de uma parede, que lhe dão uma áurea especial.

Do privado para o público

Uma loja de souvenirs e uma pequena sala de estar são os únicos espaços comuns. E viva a calçada portuguesa. Quanto ao bar, curiosamente, é ao pequeno-almoço que ganha vida. Os que não o tomaram no terraço vão perceber aquilo que digo. Sem a pressão das horas, talheres e loiças de design recebem apenas os ingredientes da primeira refeição do dia uma vez que o hotel não tem restaurante. Esqueça a piscina e o campo de ténis que o espaço não deu para mais e concentre-se no que tem à volta.

2004-06-01
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida