Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

Casa da Tojeira

Situa-se na região de Basto, conhecida pelos seus vinhos. É uma casa do século XVII, que se encontra inserida numa quinta que desenvolve uma actividade de produção vinícola, mais concretamente de vinhos verdes brancos e tintos.

Acessos: A 6 km de Cabeceiras de Basto.
Localização: Campo
Nº de camas: 20
Nº de quartos: 12
Observações: Outros contactos: 932 420 062 ou 932 420 071 (Graça Costa). A Unidade Hoteleira dispões de 5 apartamentos com sala privativa e kitchenette.
Período de funcionamento: Excepto Natal.
Preço Época Alta: 110.00
Preço Época Baixa: 110.00
Categoria: Turismo de Habitação
Serviços / Equipamentos: Aeroporto, Animais admitidos, Ar condicionado em áreas comuns, Bicicletas, Cavalos, Estação de autocarros, Ginásio, Hospital / centro de saúde, Jardim, Kitchenette, Música ou rádio nos quartos, Parque de estacionamento, Pesca, Piscina interior, Praia, Restaurante, Sala de reuniões / conferências, Sala de estar comum, Sala de festas, Sala de TV e/ou vídeo, Sauna, Segurança ou vigilância, Telefone nos quartos, TV nos quartos, TV Satélite/TV Cabo, Zona de caça, Aquecimento
Morada: Lugar da Tojeira - Faia
Código Postal: 4860 212 FAIA CBC
Tel: 253663169
E-mail: casadatojeira@gmail.com
Site: www.casadatojeira.pt
Distrito: Braga
Concelho: Cabeceiras de Basto
Freguesia: Faia

Casa da Tojeira


Ver as vinhas e beber o vinho. Passear pelo campo e pelas vilas, almoçar bem e compensar o peso a mais num Health Club. Um programa completo para descansar, comer e beber sem remorsos.


Nuno Maia

Vista do portão, logo à chegada, a beleza e grandiosidade da casa da Tojeira impressionam. Um enorme solar de finais do século XVII perdido no meio de vinhas e bonitos jardins para se passear, com sossego garantido, e autenticado no livro de visitas com o nome do Presidente da República. Homem de bom gosto, portanto.

A casa

Restaurada nos anos 70, a Casa da Tojeira mantém intactas as características dos solares da época., com a entrada a fazer-se por uma bonita escadaria barroca. Mas ainda antes de se passarem as portas, encontra-se uma das zonas que os visitantes do solar mais costumam gostar. Uma simpática varanda, corrida por colunas balaustradas.

Já lá dentro, os quartos dividem-se por duas alas, a norte e a sul, separadas pelas zonas comuns da Casa como a sala de estar, com uma lareira para os dias mais frios, e sala de jantar.

A decoração rústica, com móveis antigos e outros adereços, assenta na perfeição no ambiente da Tojeira. Uma daquelas casas que se está habituado a ver na televisão e que servem perfeitamente de cenário para uma telenovela.

Das janelas, como se esperaria naquela zona, a vista é predominantemente verde.

Cá dentro

Para quem não se quer cansar muito, existem formas suficientes de passar o tempo. A começar por um Health Club com piscina aquecida, sauna, banho turco, banho escocês e solário. Um verdadeiro luxo que, no entanto, não está incluído no preço do quarto. Mesmo assim vale a pena.

Depois, podem-se aproveitar os 20 hectares de terra à disposição para passear até não apetecer mais. Com tempo, visita-se as vinhas, passa-se pela adega, e já agora experimenta-se o vinho produzido na Casa. Para recuperar as forças, claro.

Existe ainda um picadeiro, para aprender a andar a cavalo, e um parque infantil, óptimo para quem viaja com filhos os depositar em descansado.

Lá fora

Fora da quinta também não faltam motivos de interesse. E logo ali ao lado. Em Arco de Baúlhe pode-se visitar o pequeno museu ferroviário, com as sua carruagens antigas, construído em memória do antigo troço da Linha do Tâmega entre Amarante, Mondim e Arco. Do tempo em que os comboios eram importantes para quem precisava de se deslocar.

Depois, siga-se em direcção a Cabeceiras de Bastos. Na praça central, um antigo terreiro conventual, fica o Convento de Refojos, com uma das mais belas igrejas de Portugal.

Para terminar em grande, pode-se passar pelo restaurante Caneiro e experimentar um dos muitos pratos típicos da região, como o polvo assado no forno ou o cabrito, que tanto passeio abre o apetite. Além disso, se for mesmo necessário, cada quilo ganho no almoço pode ser perdido no health club do Casa da Tojeira. Uma boa desculpa, não?

2001-10-10
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida