PORTUGAL FAZ-LHE BEM

30º

de 853
ver todos
Ver
mapa

Restaurante Pap`Açorda

30º

de 853
ver todos

Depois de uma vida passada na Rua da Atalaia, ao Bairro Alto, um dos restaurantes mais emblemáticos de Lisboa transferiu-se para o renovado Mercado da Ribeira em março de 2016. Fundado no início dos anos 80, marcou uma geração (pelo menos) e manteve sempre o estatuto de restaurante de referência. A mudança de localização não interfere com nenhum outro fator, nomeadamente a cozinha, fielmente portuguesa e composta de sugestões de sabor tradicional como os croquetes de vitela com arroz de tomate, as pataniscas ou a mousse de chocolate para sobremesa, servida numa taça gigante.

Bar/Sala de espera: Bar
Dia(s) de Encerramento: Domingos, Segundas
Especialidades: Entradas: Caranguejos de casca mole com salada verde; Ostras ao natural; Pataniscas de camarão; Mexilhão à marinheiro; Salada de rucula e queijo quente de cabra e Peixinhos da horta.Peixe: Filetes de sardinha panados; Jaquinzinhos; Bife de atum à Portuguesa; Lulas à Sevilhana com açorda de tomate; Açorda real de lagosta e gambas; Tranches de garoupa com alcaparras; Robalo grelhado com molho tártaro e Bacalhau no forno com broa. Carne: Costeletas de borrego panadas; Pastel de perdiz; Morcela da Beira assada com grelos; Arroz de cabidela; Cabrito frito à Pap`Açorda; Pastéis de massa tenra com feijão verde; Lebre à bordalesa e Alcatra à moda da Terceira.Doces: Mousse de chocolate; Pudim de ameixas pretas; Mousse de chocolate; Queijo de amêndoa e Queijadinhas de requeijão.
Estacionamento: Não
Horário de Encerramento: 23:30
Lotação: 86
Necessidade de reserva: Aconselhável.
Preço Médio: 40.00
Recomendado para grupos: Sim
Tipo de Restaurante: Portuguesa
Horário de Funcionamento: Das 12:30 às 14:30 e das 20:00 às 23:30.
Área para fumadores: Zona Fumadores + Zona Não Fumadores
Morada: Avenida 24 de Julho 49 Mercado da Ribeira
Código Postal: 1200 479 LISBOA
Tel: 213464811
E-mail: resevations@papacorda.com
Site: www.facebook.com/Papa%C3%A7orda-230548140319584/
Distrito: Lisboa
Concelho: Lisboa
Freguesia: Misericórdia
Deixe a sua avaliação
Paula Carvalho 2017-05-19

O Espaço é simpático, bem decorado e amplo. A comida é boa, sem ser espetacular e falta atenção a pequenos detalhes que fazem a diferença. No arroz de cabidela os 3 pedaços de frango do campo eram desmesuradamente grandes, foi uma aventura retirá-los sem espalhar arroz nem deixar o frango resvalar para fora do prato, na espetada de tamboril o peixe vinha cru e a açorda com demasiada gordura, finalmente na açorda de gambas, escapa ao empregado que a serviu que existe uma técnica para envolver o ovo cru na açorda. Uma nota bastante positiva para os pastéis de massa tenra com atum do couvert e para as pataniscas de beterraba da entrada. Mas, o que arruinou por completo a experiência foi o serviço, que foi francamente mau! O empregado começou a retirar os pratos das entradas enquanto uma das pessoas ainda estava a comer, o que é no mínimo deselegante, não satisfeito, retirou também o prato da pessoa que ainda estava a comer. O peixe cru, coisa que por si só é inadmissível, regressou à cozinha e voltou, desmanchado no prato, inclusive o pedaço que já tinha sido trincado! Quando reclamámos junto do gerente a resposta foi que só tínhamos reclamado que o peixe estava cru, por isso não havia motivo para vir outra espetada, desta vez em condições, para a mesa, e em relação ao pedaço já meio deglutido, pasme-se, tinha vindo também porque pertencia ao cliente!?...houve uma série de outros pormenores, que por si, não seriam particularmente relevantes, mas que em conjunto com o exposto acima se tornaram extremamente irritantes, como dizerem-nos que não havia tampas para tapar o tacho da açorda para não arrefecer e que “ali se fazia assim”, ponto! Curiosamente a tampa, que nos garantiram que não existia, acabou por aparecer misteriosamente, ou ter sido necessário pedir a conta 3 vezes antes de esta chegar à mesa, sendo que a resposta da primeira pessoa a quem solicitámos a dita foi, “isso não é comigo”, e, perante a nossa incredulidade, voltou-nos as costas e foi-se embora, enfim! Em nenhuma altura do jantar foi efectuado um pedido de desculpas, nem no final foi tida qualquer atenção na conta de uma mesa onde, claramente, grassava o desagrado e onde o gerente teve que ser chamado mais do que uma vez, não me parece a melhor forma de fidelizar clientes. Talvez equacionar formação em hotelaria, atendimento e gestão de reclamações seja um factor a ter em consideração. Salva-se o empregado que nos serviu o vinho, Fábio, se não estou em erro, simpático e sempre atento. Não valeu de forma alguma os 36,70€/pax que pagámos. Não pretendo voltar.

Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida