Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 6
ver todos

Restaurante Molhó Bico

de 6
ver todos

Típica casa alentejana, com paredes caiadas e o traço amarelo a colorir a fachada. No interior, calçada portuguesa no chão e meio metro de parede em tijolo perto do tecto. Decorado à moda alentejana, não faltam as mesas corridas nem as grandes talhas de barro. Mas se o ambiente é rústico, interessa esclarecer que alguns apontamentos decorativos fogem a esta tendência, introduzindo alguma originalidade ao espaço e jogando com as expectativas daqueles que por aqui passam. A comida, essa, é regional, do mais tradicional possível (sem espaço para manobras) e as meias doses vêm tão bem servidas que ainda sobra. No capítulo dos vinhos, a selecção é bem cuidada.

Acessos para deficientes: Sim
Ambiente e decoração: Decorado com quadros de pintores regionais. Uma das salas possui mesas corridas e grandes talhas de barro.
Animação: Fados ou rancho.
Bar/Sala de espera: Sala de Espera
Dia(s) de Encerramento: Quartas
Especialidades: Entradas: Presunto de porco preto; Espargos silvestres com ovos; Paio alentejano; Torresmos do rissol; Queijo de Serpa. Sopas: Sopa de cação desfiado; Açorda alentejana. Peixe: Bacalhau assado na brasa; Caldo de cação; Pataniscas de bacalhau com arroz de feijão; Bacalhau espiritual; Bacalhau à lagareiro com batata à murro. Carne: Secretos de porco preto; Plumas de porco preto; Carrilhada de porco preto no forno; Pá de porco preto assada no forno com legumes, frutas e puré de batata; Lombinhos e entrecosto de porco preto no carvão; Ensopado de borrego à pastora à moda de Serpa; Pezinhos de borrego guisados; Caldeirada de borrego; Costeletas de borrego fritas em azeite e alho; Cabeça de borrego assada; Cachola de borrego frita; Molhinhos de borrego guisado com batata; Migas com carne de porco; Feijoada com cogumelos silvestres; Carne da matança; Cozido de grão; Lebre com feijão branco; Coelho bravo frito; Javali grelhado e guisado. Doces: Requeijão com mel; Tarte de requeijão; Bolo de amêndoa e gila; Trouxas de ovos; Siricaia; Pêra bebeda; Maçã assada.
Estacionamento: Sim
Horário de Encerramento: 02:00
Lotação: 120
Necessidade de reserva: Aconselhável
Observações: Restaurante certificado pelo Turismo do Alentejo.
Período de Férias: Julho
Preço Médio: 20.00
Recomendado para grupos: Sim
Sanitários para Deficientes: Não
Serviços: Ar condicionado; Sala típica do vinho; Lareira. Esplanada.
Tipo de Restaurante: Regional, Alentejana
Horário de Funcionamento: das 12:00 às 02:00
Acessibilidade de deficientes motores: Acessibilidade fácil
Área para fumadores: Zona Fumadores + Zona Não Fumadores
Morada: Rua Quente 1
Código Postal: 7830 369 SERPA
Tel: 284549264
E-mail: molhobicoserpa@hotmail.com
Site: www.facebook.com/pages/Adega-Molhó-Bico/32875405719155
Distrito: Beja
Concelho: Serpa
Freguesia: Salvador

Restaurante Molhóbico - Serpa


Comer ainda é uma festa!


N'Dalo Rocha

Fica em Serpa, quase perdido numa rua estreita, aparentemente igual a tantas outras. Parece pequeno mas as aparências enganam. Uma vez transposta a porta, logo à entrada, somos surpreendidos pela sala para grupos. A decoração é simples mas espectacular com gigantescas talhas de barro, com mais de dois metros de altura.

Não é difícil perceber que há 60 anos este local era uma adega de vinho e que as talhas serviam precisamente para armazenar tão precioso líquido. Os trabalhadores rurais deixavam os seus carros de bois nas estrebarias e após os longos dias de trabalho ali iam matar a sede.

No total, o restaurante tem três salas: a primeira, a das talhas, ideal para grupos pelo espaço e disposição das mesas; a segunda, mais reservada e pequena, e o salão principal, onde o proprietário se reúne com os seus amigos. Sem exagero, dá para dizer que meia Serpa por lá pára. Bebe-se bom vinho, comem-se petiscos, e sobretudo, há fados e guitarradas.

Uma tertúlia de amigos, na verdadeira acepção da palavra. À roda da mesa passam músicos amadores e profissionais que não hesitam em dar o seu contributo, porém nada mais é cobrado aos clientes.

Defensor acérrimo do concelho de Serpa, desde que assumiu o MolhóBico há cerca de oito anos, o proprietário dá primazia aos produtos da terra. Ali só se serve porco alentejano, ou melhor, pata negra. E com excepção do bacalhau, desde o feijão, ao grão, ao azeite, dos ovos ao vinho, apenas produtos regionais de Serpa, se servem naquela casa.

No que respeita aos pratos propriamente ditos, a carta está recheada de saborosos petiscos de fazer crescer a água na boca. É quase um crime vir cá e não experimentar qualquer um dos pratos de porco preto, por exemplo. São as plumas, os secretos e as migas com carne de porco. Mas há mais, como por exemplo os pratos de borrego, tais como a caldeirada ou o ensopado, para além do bacalhau espiritual, do caldo de cação ou das pataniscas de bacalhau. Para a sobremesa, tarte de requeijão ou então uma mais convencional sericaia.

Resumindo, boa comida e muita alegria num ambiente simpático e acolhedor, onde o cliente está à vontade e a comida justifica perfeitamente o preço médio de cerca de 13 euros. Quase nem dá para acreditar.

REPORTAGEM ACTUALIZADA EM NOVEMBRO 2009

2004-08-17
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida