PORTUGAL FAZ-LHE BEM

96º

de 905
ver todos
Ver
mapa

Restaurante As Salgadeiras

96º

de 905
ver todos

O Bairro Alto dá-lhe abrigo e o Largo de Camões fica ali perto. Este restaurante, inaugurado em 2004, (re)aproveitou o espaço de uma antiga padaria, remodelando-o mas mantendo a traça original. Não só a traça mas também o antigo forno de padaria, utilizado agora para confeccionar algumas das iguarias que, por aqui, dão o gostinho ao dente. A comida tradicional portuguesa está em destaque. E se a gastronomia é tradicional, a decoração é a condizer: pouca luz, estrategicamente utilizada a proporcionar uma atmosfera romântica, portadas em arco e paredes em pedra, os tijolos de burro.

Dia(s) de Encerramento: Segundas
Especialidades: Entradas: Sopa de legumes; Sopa de peixe à Salgadeiras; Tártaro de polvo; Fritada de enchidos; Espargos verdes c/ ovos mexidos; Carppacio de Bacalhau; Salada à Salgadeiras; Gambas fritas c/ manteiga d`alho; Mexilhões salteados; Alheira de Chaves c/ ovos mexidos; Paté de aves; Bacalhau fumado.Peixe: Linguadinhos fritos c/ arroz de tomate; Polvo à moda do Minho; Lulas recheadas à Salgadeiras; Gratinado de peixe e marisco; Filetes de peixe espada c/ açorda d`ovas; Cherne grelhado c/ sauté de gambas; Filete de linguado em massa folhada c/ espinafres; Espêto de tamboril e gambas; Espêto de gambas c/ tomate, pimento e cebolinho; Strogonoff de gambas c/ corôa de arroz; Bacalhau à Brás; Lombo de Bacalhau c/ crosta de brôa e marisco; Bacalhau à Salgadeiras; Bacalhau à Zé do Pipo; Sopa do Fiél AmigoCarne: Medalhôes de porco torneados c/ bacon; Migas de espargos bravos c/ lombinhos de porco; Coelho em vinha d`alhos fritos c/ coentros; Coelho c/ enchidos em pão da casa (só por encomenda); Peito de vitela recheado c/ morcela e espinafres; Costoletas de borreguinho grelhadas; Stogonoff de vitela c/ corôa de arroz; Codorniz recheada c/ passas e cognac; Cabrito à moda de Monção; Espeto do lombo em pau de loureiro; Bife do lombo c/ molho Roquefort; Bife do lombo c/ pimentas variadas e cognac; Bife do lombo à Portuguesa; Bife do lombo à Salgadeiras; Bife do lombo c/ molho de amendôas.
Horário de Encerramento: 00:00
Necessidade de reserva: Aconselhável
Observações: Abre às segundas, caso seja feriado.
Preço Médio: 35.00
Tipo de Restaurante: Portuguesa
Horário de Funcionamento: Das 19:30 às 24:00.
Área para fumadores: Não Fumadores
Acessibilidade física: Lugares de estacionamento para pessoas com deficiência, Entrada e acesso à sala possível por pessoas em cadeira de rodas
Detalhe de acessibilidade física: Parque de estacionamento a 100 m com vários lugares reservados por andar para pessoas com deficiência; até ao Restaurante não existem obstáculos, no entanto o piso é empedrado. No restaurante a entrada e até as mesas não há obstáculos.
Morada: Rua das Salgadeiras 18 Bairro Alto
Código Postal: 1200 396 LISBOA
Tel: 213421157
E-mail: assalgadeiras@gmail.com
Site: www.as-salgadeiras.com
Distrito: Lisboa
Concelho: Lisboa
Freguesia: Encarnação

Restaurante As Salgadeiras - Lisboa


Jantar onde a tradição ainda é o que era.


Andreia Melo

Se acha que falta um pouco de sal na sua vida, dê um pulo ao Restaurante As Salgadeiras. Nem só de copos vive a noite do Bairro Alto.

Da cozinha minhota à alentejana, n’ As Salgadeiras o paladar senta-se à mesa com os sabores desta ocidental praia lusitana. Faz quatro anos que José António abriu este espaço no Bairro Alto e para trás ficou o restaurante Fiéis ao Tacho. Fechado o espaço, a fidelidade ao tacho mantém-se. E agora, no número 18 da Rua das Salgadeiras, onde em tempos funcionou uma padaria (prova disso são os fornos que ainda hoje compõem a casa, transformados em garrafeira e sala interior) está um restaurante consagrado a alguns dos pratos tradicionais que estão a começar a cair em desuso, aos quais se adiciona uma pitada q.b. de inovação.

À mesa com a avózinha

Esta é uma casa onde se vem para jantar com calma, para apreciar uma refeição como uma experiência dos sentidos. Não é à toa que o espaço é intimista e que ambas as salas de refeição se assemelham a salas de jantar e de estar. O espaço mantém a traça original, as paredes são de pedra e de tijolo burro, os tectos ainda conservam os arcos, os móveis são aqueles que costumávamos encontrar na casa da avózinha, as cadeiras majestosas são de pele e há peças de ferro forjado nas paredes.

2008-08-14
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida