PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 85
ver todos
Ver
mapa

Luzzo Pizzaria Lisboa - Santa Marta

de 85
ver todos

Inaugurado em janeiro de 2014, é um espaço moderno e cosmopolita que apresenta um conceito de pizza de base napolitana com ingredientes portugueses, cozida em forno de lenha. A sabedoria e a técnica são do piazzolo do antigo restaurante Lucca. Entre as pizzas, a estrela da companhia é a Luzzo, com cogumelos salteados, ananás caramelizado e bacon crocante.

Especialidades: Pizzas
História: Inaugurado em janeiro de 2014
Horário de Encerramento: 23:00
Lotação: 150
Necessidade de reserva: Aconselhável
Preço Médio: 15.00
Recomendado para grupos: Sim
Sanitários para Deficientes: Não
Tipo de Restaurante: Pizzaria
Horário de Funcionamento: Das 12:00 às 15:00 e das 19:30 às 23:00.
Acessibilidade de deficientes motores: Acessibilidade fácil
Área para fumadores: Zona Fumadores + Zona Não Fumadores
Acessibilidade física: Entrada e acesso à sala possível por pessoas em cadeira de rodas
Detalhe de acessibilidade física: Parque de estacionamento a 20 m.
Detalhe de informação acessível: As ementas encontram-se disponíveis em tablets, com fotos e descrição.
Informação acessível: Digital, Legendagem em conteúdos multimédia
Morada: Rua de Santa Marta 37/37A
Código Postal: 1150 293 LISBOA
Tel: 213570518
E-mail: pizzarialuzzo@gmail.com
Site: www.facebook.com/pages/Luzzo-Pizzaria-Lisboa/572767649486333
Distrito: Lisboa
Concelho: Lisboa
Freguesia: Coração de Jesus

Luzzo Pizzaria - Lisboa


Pizzas italianas com um toque luso


Nelson Jerónimo Rodrigues

Pizza que é pizza deve ter inspiração italiana mas as do Luzzo distinguem-se também pelos ingredientes portugueses, frescos e trabalhados. Leves, finas e com dimensões generosas, combinam com um espaço moderno e multifacetado onde nem falta um pátio interior e uma casa das brincadeiras para as crianças. Estará o segredo só na massa? Nesta pizzaria é mais do que isso…

Desde os tempos do saudoso restaurante Luca que a Rua de Santa Marta ganhou fama de servir algumas das melhores especialidades italianas de Lisboa. O encerramento daquele espaço trouxe um vazio que demorou alguns anos a preencher mas em janeiro de 2014 nasceu na porta ao lado (número 37) um herdeiro à altura: a Luzzo Pizzaria.

Em vez das pastas, risotos e afins, agora são as pizzas que fazem jus à tradição gastronómica transalpina, umas vezes seguida à letra, outras com influências mais portuguesas, numa discreta fusão que também está presente na decoração. Assim se explica o nome da casa, que tanto remete para um apelido italiano como para uma sonoridade mais nossa. O conceito e a marca foram criados pelos primeiros proprietários e atuais master franchising (novas pizarrias Luzzo poderão estar a caminho) e os actuais proprietários (Raquel Pintão e Fábio Rodrigues) mantêm a fórmula original.

Azulejos, madeira e manjericos

Se as pizzas respeitam a herança italiana, a decoração (assinada por Rita Glória, conhecida pela participação no programa Querido, Mudei a Casa!) privilegia o gosto português. A começar pelos castiços e coloridos azulejos do balcão (parecem autênticos mas são em vinil) que contrastam com os tons mais escuros e clássicos da sala principal. Aqui as madeiras também sobressaem, seja na parede forrada a pinho ou nas tábuas redondas sobre as mesas, vindas diretamente da Gradirripas, a famosa empresa de Pernes que fornece o chef Jamie Oliver.

Além desta sala, existem outras duas: uma virada para a rua, com um curioso papel de parede cheio de legumes e vegetais, e outra mais intimista, revestida a madeira e com vista para a cozinha. Entre ambas fica a garrafeira, autêntica montra dos vinhos à disposição, decorada por vários relógios. Já com o estômago a dar horas, seguimos sem mais demora para o extremo da casa onde ficam os dois espaços mais surpreendentes do Luzzo.

De facto, quem passa à porta da pizzaria dificilmente imagina que lá dentro há um pátio (quase) secreto, especialmente convidativo no verão e na primavera mas suficientemente abrigado para os dias amenos do resto do ano. Aqui cabem mais meia dúzia de mesas, enquadradas por uma parede em pedra e outra cor de rosa cheia de vasos de manjericos (artificiais). Junto a um canto fica a entrada para o espaço infantil, uma casinha que faz as delícias dos mais novos mas também dos pais que assim podem (coisa rara…) comer descansados.

Chiu… o segredo está nos ingredientes

À mesa, os pedidos podem ser feitos aos empregados ou diretamente num tablet onde está a ementa, fotos e alguns pormenores de cada opção. Nas entradas, destacam-se o queijo Camembert grelhado (salpicado com molho pesto caseiro e vinagre balsâmico), os peixinhos da horta reinventados (espargos envolvidos em presunto) e as azeitonas panadas, uma sugestão do antigo consultor do Luzzo, o chef Vitali Simões. Já o pizzaiolo Joseph está na casa desde o primeiro dia, onde põe em prática tudo o que (de bom) aprendeu nas pizzarias Lucca e Casanova.

A lista de pizzas é composta por 16 variedades, todas cozidas em forno a lenha, com massa fina (tipo napolitana, mas com menos rebordo) e ingredientes trabalhados (maioritariamente portugueses) que lhes dão um sabor mais apurado. Entre elas, a estrela da companhia é a Luzzo, composta por ananás caramelizado, cogumelos salteados e bacon crocante. Mas também vale a pena provar, por exemplo, a Onassis (camarões salteados e vieiras com molho de champanhe e coentros), a Melvile (camarões salteados, espinafres frescos e molho balsâmico) ou a Comandante Cousteau (atum envolto em sementes de sésamo, cebola caramelizada e azeitonas verdes recheadas com anchovas). No Luzzo não há outras especialidades italianas, como pastas ou risotos, mas quem desejar um alternativa às pizzas poderá pedir uma sopa ou uma salada.

Apesar das dimensões generosas das pizzas (nem todos conseguem comer uma inteira) vale a pena guardar um cantinho no estômago para uma sobremesa, caso do cheesecake desmontado e montado à moda do chefe (com chocolate e bolacha no interior) ou do brownie acompanhado de uma mistura de frutos. Por fim, peça a conta através do tablet ou a um empregado. O valor é o mesmo. O sorriso do simpático atendimento só está incluído no serviço personalizado.

2015-10-21
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida