Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

46º

de 1009
ver todos

Restaurante Qosqo

46º

de 1009
ver todos

Inaugurado em julho de 2012, é o primeiro restaurante do país dedicado à gastronomia peruana. O Qosqo tanto serve pratos tradicionais inspirados na zona costeira do país, como as marinadas de peixe e o ceviche, como receitas das zonas montanhosas. O pisco sour e outras bebidas com fruta não vão faltar.

Ambiente e decoração: Informal e acolhedor, com decoração inspirada nas cores das tapeçarias dos Andes.
Dia(s) de Encerramento: Domingos (Jantares), Segundas
Especialidades: Ceviche (peixe fresco, cru, marinado em sumo de lima, com sal e ervas aromáticas, cebola roxa, batata doce e milho peruano), Causas (purés de batata com recheios variados como legumes e atum), para beber Pisco Sour, um cocktail feito com aguardente vínica do Peru, sumo de lima, xarope de açúcar e clara de ovo em castelo, que é a bebida nacional. Chincharron en punto de quinua (tiras de peito de frango passadas por polme de quinoa dos Andes, fritas e servidas com dois molhos cremosos de maracujá); Hapchi de aji con papitas y habas en aroma de pachamanca (uma espécie de puré com queijo e "ají amarillo", uma pimenta amarela típica, moída no momento. Sobremesa: picarones, roscas fritas com massa de farinha, abóbora e batata doce, regadas com melaço escuro de cana, frutas e especiarias.
História: Quando a peruana Gabriela Ruiz, arquiteta de profissão, chegou a Lisboa, há 3 anos e meio, percebeu que poucas pessoas tinham ouvido falar da da imensa variedade gastronómica do Peru. Os amigos que iam lá a casa insistiam que tinha de abrir um restaurante e Gabriela começou a fazer jantares peruanos aos sábados num restaurante perto de casa. Mais tarde, abriu o Qosqo.
Horário de Encerramento: 00:00
Lotação: 40
Necessidade de reserva: Aconselhável
Observações: A cozinha encerra às 22:30. Outros contactos: 918 604 529 / 916 046 197
Preço Médio: 20.00
Recomendado para grupos: Sim
Sanitários para Deficientes: Não
Tipo de Restaurante: Peruana
Horário de Funcionamento: De terça a sábado, das 12:00 às 15:30 e das 19:00 às 24:00. Domingo das 13:00 às 16:30.
Área para fumadores: Não Fumadores
Morada: Rua dos Bacalhoeiros 26 A
Código Postal: 1100 070 LISBOA
Tel: 218868061
E-mail: gruizg@hotmail.com
Site: www.facebook.com/pages/Qosqo/235379529916956
Distrito: Lisboa
Concelho: Lisboa
Freguesia: Madalena

Restaurante Qosqo - Lisboa


Peru voa para Lisboa.


Bárbara Bettencourt

A abertura de um restaurante dedicado a uma tradição gastronómica praticamente desconhecida em Portugal é sempre motivo de celebração. Não que o Qosqo seja totalmente novo. Abriu portas em julho do ano passado, cativante e despretensioso, com uma ementa de petiscos escrita a giz, para mais facilmente variar ao sabor das vontades do chefe e da disponibilidade dos alimentos, muitos importados, ou da frescura do peixe.

Mas agora é a sério. Há ementa fixa, pratos quentes e uma nova chefe, Sara Zegarra acabada de chegar do Peru para manter a genuinidade dos sabores dos Andes.

O percurso do Qosqo – Cuzco, em Quechua, a língua tradicional - foi-se fazendo com a naturalidade das coisas quem têm que ser. No centro do enredo, Gabriela Ruiz, arquiteta a viver em Lima, perde-se de amores por um português. Casam e vêm para Portugal. Foi há três anos e meio. Gabriela gosta de cozinhar, sobretudo sobremesas, sempre o fez desde pequena. Em Lisboa cozinha petiscos peruanos para os amigos. Lança a semente. Eles gostam tanto que começa a organizar jantares peruanos no restaurante Isaura, uma vez por semana. Um sucesso.

Noutro ponto do enredo, Marco Leyva, ex advogado no Peru, também enamorado de uma portuguesa e emigrado em Lisboa, dedica-se a um site de catering peruano. O mundo é pequeno, a Lisboa peruana também. Eles encontram-se, juntam-se a mais um sócio, José Araújo, que Gabriela conhece dos jantares peruanos, e abrem o Qosqo, na Rua dos Bacalhoeiros.

Da ementa fazem parte os incontornáveis da cozinha peruana: ceviche (peixe fresco, cru, marinado em sumo de lima, com sal e ervas aromáticas, cebola roxa, batata doce e milho peruano), causas (purés de batata com recheios variados como legumes e atum), e o emblemático pisco sour, um cocktail feito com aguardente vínica do Peru, sumo de lima, xarope de açúcar e clara de ovo em castelo, que é a bebida nacional.

Muda-se o chefe e a ementa

Agora, seis meses depois, abre-se novo ciclo no Qosqo. Sai Marco Leyva, institui-se uma ementa fixa, alarga-se a oferta. “Antes tínhamos uma carta mais costeira, agora apostámos na gastronomia da montanha também”, explica Gabriela Ruiz. Batata, abóbora milho são ingredientes essenciais. Aborrecido? Há de 3 mil variedades de batata no Peru, todas com feitios, cores e sabores diferentes. De milho, contam-se umas 30 variedades.

2013-01-30
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida