Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 113
ver todos

Restaurante Plataforma

de 113
ver todos

Mais conhecido pelo restaurante da Celeste Russa, peixeira bem conhecida na zona da Figueira, fica no areal de Buarcos e conquistou já muitos adeptos, tanto graças ao peixe fresco como à simpatia do atendimento.

Ambiente e decoração: Duas salas acolhedoras, decoradas com motivos marinhos. Soberba vista sobre o areal e o mar.
Dia(s) de Encerramento: Não encerra
Especialidades: Peixe: Peixe fresco para grelhar; Massada de cherne; Feijoada de búzios; Sopa de peixe; Cabeças de pescado; Sardinha assada; Carapaus assados com molhos à espanhola.
Estacionamento: Sim
Necessidade de reserva: Aconselhável
Preço Médio: 23.00
Serviços: Esplanada
Tipo de Restaurante: Portuguesa
Horário de Funcionamento: Abre às 11:00
Morada: Avenida Infante D. Pedro Apart. 47 Praia de Buarcos
Código Postal: 3080 997 FIGUEIRA DA FOZ
Tel: 233422055
Site: restauranteplataforma-celesterussa.com/
Distrito: Coimbra
Concelho: Figueira da Foz
Freguesia: Buarcos

A Plataforma - Buarcos


A praça na praia.


Paula Oliveira Silva

Tem o nome plataforma, mas todos o conhecem pelo restaurante da Celeste Russa, peixeira conhecida na cidade ainda dos tempos em que vendia no mercado. A simpatia pelo produto que vendia (ou por ela própria) era tanta que os clientes habituais até aos dias de descanso semanal se dirigiam a sua casa para adquirir o pescado. Depois foi só jogar com as leis do mercado. Se a procura é muita, aumenta-se a oferta. E assim foi. Está aberto desde 1997 e ao que parece, veio para ficar. Por isso, seja qual for a estação do ano, pode muito bem acontecer, almoçar ou jantar tendo como companheiros da mesa ao lado caras bem conhecidas da nossa praça. E quem diz nossa praça diz da de outros países, porque isto da globalização já se espalhou por todo o lado.

Avancemos para a ementa, que a História já passou. Ninguém se admiraria que o essencial da carta fosse o peixe. Fresco, pois claro. Rodovalho, robalo, salmonete e até a lula marcam presença assídua por aqui. Ah, e o cherne também que agora anda tanto na moda e é cozinhado de diversas formas e feitios. Na massada sobressai o cherne. Cozido ou grelhado, há para todos os gostos. O importante é ser cherne. As especialidades são todas, mas ainda assim destaque-se dois ou três pratos que sirvam de isca. A feijoada de búzios é uma delas e a sopa de peixe, não pode, nem deve ser segunda escolha. As cabeças do pescado também são uma delícia, para os apreciadores, é certo. Há também os mariscos, as amêijoas, os camarões (grandes e pequenos), a sapateira, lavagante e a lagosta. O peixe é exposto numa réplica de um barco apetrechado com sistema de refrigeração e o marisco tem igual destino. O que é bom, porque dá para olhar olhos nos olhos a fim de escolher o que mais nos agrada. E então, onde se come? As duas salas que compõem o restaurante estão decoradas com motivos marinhos e, inevitavelmente, com apetrechos relacionados com a profissão da Dona Celeste. Por isso, não há que haver espanto por se encontrarem, pendurados nas paredes, aventais de peixeiras, porque isto de se fazer as honras da casa apenas ao peixe já não é como antigamente. Então e quem o prepara? E porque se situa no areal da praia de Buarcos, tem uma vista privilegiada sobre a praia. Com esplanada e tudo, é o sítio certo para o veraneante que, de chinelo e calção, lhe apetece experimentar um bom garfo.

Informação Detalhada

2003-06-15
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida