Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 28
ver todos

Restaurante O Barro

de 28
ver todos

Restaurante com duas salas de refeição distintas, em dois pisos, que oferece as boas especialidades da cozinha alentejana. A carta de vinhos está bem seleccionada.

Acessos: Fica junto ao Castelo.
Acessos para deficientes: Não
Ambiente e decoração: Ambiente familiar.
Dia(s) de Encerramento: Segundas, Domingos (Jantares)
Especialidades: Entradas: Miolos de tomate; Carapaus de escabeche; Salada de pimentos assados; Coelho bravo de vinagrete; Migas de batata e Presunto de Pata Negra. Sopas: Sopa de hortelã com vinagre; Gaspacho rico e Sopa de cação. Peixe: Açorda com bacalhau e ovo; Açorda com pescada; Peixe fresco para grelhar e Bacalhau assado na brasa. Carne: Carne de porco à Alentejana; Pezinhos de coentrada; Borrego assado no forno; Lebre frita com arroz de coentros; Ensopado de Borrego; Caldeirada de cabrito; Migas de tomate com carne de porco e Cozido de grão. Doces: Pão de rala; Encharcada; Manjar real; Fidalgo; Sericaia com ameixas de Elvas e Bolo rançoso.
Estacionamento: Sim
Horário de Encerramento: 00:00
Lotação: 30
Necessidade de reserva: Aconselhável.
Observações: Outros contactos: 917239899.
Preço Médio: 20.00
Recomendado para grupos: Sim
Sanitários para Deficientes: Não
Serviços: Ar condicionado.
Tipo de Restaurante: Regional, Alentejana
Horário de Funcionamento: Das 12:00 às 15:30 e das 20:00 às 00:00.
Área para fumadores: Não Fumadores
Morada: Rua Dona Anilda e Eliezer Kamenezky 44
Código Postal: 7170 062 REDONDO
Tel: 266909899
Site: www.restauranteobarro.com
Distrito: Évora
Concelho: Redondo
Freguesia: Redondo

Restaurante O Barro – Redondo


Altos voos


Andreia Melo

Na rua, há apenas uma pequena placa de madeira a assinalar que ali fica O Barro. Diz-se que no Alentejo a sua fama o precede. Será porque à sua mesa se combinam as especialidades regionais e vinhos de todo o país?

O que começou por ser um hobbie para António Lopes há cerca de 11 anos, é hoje um dos mais famosos restaurantes do Redondo. O barro foi atirado à parede e colou. Pequeno e rústico, foi construído para se assemelhar a uma típica casa alentejana, por fora… e por dentro.

Menina estás à janela

Ao passar a ombreira da porta encontra-se numa pequena sala com mobiliário tradicional, desde as mesas de madeira pesada e sóbria, de aspecto antigo, e cadeiras de palha, tipicamente alentejanas, ao balcão alto que serve também de garrafeira.

Mas o mais curioso é o modo como o mezanino se apresenta. Este foi construído para dar a sensação ao cliente que mesmo tendo acabado de entrar no restaurante ainda está na rua diante de uma casa alentejana, com as paredes caiadas e o traço azul em torno de uma janela. Até um candeeiro de rua encontra nessa parede. Pedir uma mesa à janela tem um novo significado neste restaurante.

Subindo as escadas, encontra um espaço a condizer. Esta sala tem chão em tijoleira, tecto em vigas de madeira e a pequena janela que viu quando estava em baixo está tapada com uma cortina que isola a sala do resto restaurante. Junto à janela, encontra uma inscrição de Platão, que bem pode ser o mote da casa: “O vinho é o mais belo presente que Deus fez aos homens.”

2010-03-08
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida