Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 64
ver todos

Restaurante da Adega Quinta do Encontro

de 64
ver todos

Na moderna adega da Quinta do Encontro, encontramos no piso térreo uma pequena sala de estar e de jantar. Com uma decoração intimista, os vinhos são o prato principal, acompanhados por uma gastronomia tão regional como vanguardista, onde não falta o tradicional leitão.

Acessos para deficientes: Sim
Bar/Sala de espera: Bar e Sala de Espera
Dia(s) de Encerramento: Segundas
Especialidades: Entradas: Carpaccio de polvo, Trouxa de camarão e cogumelos; Creme de abóbora com salada de laranja e salmão fumado. Peixe: Bacalhau confitado, Rodovalho com fava salteada; Bacalhau de cura amarela. Carne: Leitão assado; Magret de Pato. Sobremesas: Creme queimado de espumante, Creme de requeijão com infusão de Santar;
Estacionamento: Sim
Horário de Encerramento: 22:00
Lotação: 200
Necessidade de reserva: Aconselhável
Período de Férias: Aberto todo o ano
Preço Médio: 29.00
Recomendado para grupos: Sim
Sanitários para Deficientes: Sim
Tipo de Restaurante: Portuguesa
Horário de Funcionamento: Das 10h às 22h
Acessibilidade de deficientes motores: Acessibilidade fácil
Área para fumadores: Não Fumadores
Morada: Quinta do Encontro
Código Postal: 3780 179 SÃO LOURENÇO DO BAIRRO
Tel: 231527155
E-mail: daosul@daosul.com
Site: www.daosul.com
Distrito: Aveiro
Concelho: Anadia
Freguesia: São Lourenço do Bairro

Quinta do Encontro – Anadia


Combinação perfeita entre a tradição vitivinícola da Bairrada e a modernidade da arquitectura. Brindemos ao arrojo da Quinta do Encontro.


Paula Oliveira Silva

Servimo-nos de um edifício redondo de quatro pisos sem escadas para falar de um triângulo de boa gastronomia (restaurante), vinhos (loja) e serviço de visitas guiadas (adega). Parece-lhe demasiada geometria? Olhe que não...

Uma pitada de História

Na explicação do nome deste local está a tradição. Duas procissões juntam-se, por alturas da Páscoa, à entrada da propriedade e para celebrar a fé dos crentes foi inclusivamente levantado um cruzeiro na rotunda construída entretanto.

Quanto ao outro encontro, o dos vinhos, nada há que estranhar, afinal estamos em São Lourenço do Bairro, Anadia, coração da Bairrada. A sua história começa a ser contada em 2005, altura em que se iniciou a construção da adega que só haveria de abrir as portas cerca de três anos depois. Está actualmente disponível para visitas sem ser necessária reserva prévia (encerra apenas à segunda-feira). Um enoturismo à séria a pensar nos visitantes ocasionais que não vão a contar com esta descoberta...

Um mimo para a vista

Comecemos pelo que vêem os olhos: uma adega futurista, redonda, inspirada numa barrica de carvalho com a assinatura do jovem arquitecto Pedro Mateus, da Maia. Escadas não existem, as subidas e descidas - através de rampas - fazem-se curvilíneas, o que de certa forma nos lembra o movimento de um saca-rolhas.

À entrada, a loja de vinhos vende não só os rótulos da Bairrada - que vão desde os QdE até ao topo de gama Encontro 1 - mas também os néctares das outras regiões onde o grupo Dão Sul / Global Wines tem interesses: Dão, Douro, Alentejo e Brasil. A gama inclui vinhos brancos e tintos, espumantes, aguardentes, vinho do Porto e colheitas tardias. Grande parte destes está também disponível para consumo a copo.

As boas-vindas são, desde logo, materializadas num copo de espumante e se veio para experimentar o restaurante e não conhece o espaço é-lhe proposta uma visita guiada à adega, claro, mas também às diversas salas indicadas para todo o tipo de eventos, como provas de vinho.

O próximo passo poderá ser a sala com uma lareira a fazer lembrar uma garrafa, espécie de antecâmara do restaurante. Aqui se fica a saborear o vinho e a ler um pouco mais da literatura disponível sobre o tema.

2010-09-15
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida