PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 2
ver todos
Ver
mapa

Palácio Nacional de Mafra

de 2
ver todos

Mandado construir por D. João V, é o mais importante monumento do barroco em Portugal. Integra Basílica, Paço Real e um Convento. Possui uma importante biblioteca das Luzes, um núcleo conventual com um hospital de época e dois carrilhões.
O Palácio Real de Mafra atingiu o seu apogeu nos primeiros anos do século XIX, com D. João VI, altura em que os seus salões ostentavam inúmeras riquezas artísticas. Quando D. João VI parte para o Brasil em 1807 leva consigo muitos desses objectos de valor que nunca mais retornam ao Palácio.
A Sala de Audiências, também designada Sala do Trono, destinava-se às recepções de gala e encontra-se totalmente revestida de pinturas murais, executadas nos princípios de oitocentos por Domingos Sequeira e Cirilo Wolkmar Machado.
A Sala da Bênção situada ao meio da galeria principal, é uma das mais imponentes do Palácio, medindo 26 metros de comprimento. Está revestida de mármores de variados tons da região de Pêro Pinheiro, apresenta uma abóbada cilíndrica e apainelada, e as paredes ornamentadas com pilastras dóricas e molduragens. Nesta sala ficavam as tribunas donde a família real assistia à missa através das três janelas que dão para o interior da igreja. No centro desta sala, avulta o famoso busto de D. João V, encomendado por seu filho, D. José I, ao mestre italiano Alexandro Giusti.
As salas estão decoradas com mobiliário dos séculos XVIII e XIX, conservando muitas das pinturas setecentistas que primitivamente pertenceram à Basílica, da autoria do francês Pierre Antoine Quillard, dos mestres italianos Trevisani, Massucci, Conca e Corrado e dos pintores nacionais Francisco Vieira Lusitano, Inácio de Oliveira Bernardes e André Gonçalves.
O palácio era habitado sobretudo em períodos estivais para os reis poderem caçar, como é o caso D. Carlos e D. Amélia, na Tapada de Mafra. Em Outubro de 1910 D. Manuel II passou aqui a sua última noite em Portugal antes de partir para o exílio na Inglaterra, aquando da Implantação da República.

Ano de Construção: 1711
Dia(s) de Encerramento: Terças
Estilo Arquitectónico: Barroco
Horário de visita: Das 10:00 às 17:30 última entrada até às 16:30).
Observações: Encerra nos feriados de 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1º de Maio e 25 de Dezembro. Museu pertencente à DGPC - Direcção-Geral do Património Cultural
Serviços disponíveis: Loja, Visitas Guiadas, Serviço Educativo.
Título: Residência de reis e príncipes
Morada: Terreiro de Dom João V
Código Postal: 2640 492 MAFRA
Tel: 261817550
E-mail: pnmafra@imc-ip.pt
Distrito: Lisboa
Concelho: Mafra
Freguesia: Mafra
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida