Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

704º

de 1010
ver todos

Maria Caxuxa

704º

de 1010
ver todos

O espaço é acolhedor e animado por DJs, que variam entre sonoridades lounge e electrónica mais dançável. Aos fins-de-semana é frequente estar cheio e concentrar grupos de pessoas à porta. Das paredes de mármore aos móveis antigos, que ali continuam a marcar presença, a decoração mantém aura de outros tempos: do tempo da Maria Cachucha.

Dia(s) de Encerramento: Domingos
Horário de Funcionamento: Das 19:00 às 02:00; Sextas, sábados e domingos encerra às 03:00;
Tipo de Música: Alternativa, Electrónica
Área para fumadores: Zona Fumadores + Zona Não Fumadores
Morada: Rua da Barroca 6-12
Código Postal: 1200 050 LISBOA
Tel: 965039094
Site: www.facebook.com/maria.caxuxa.1
Distrito: Lisboa
Concelho: Lisboa
Freguesia: Encarnação

Bar Maria Caxuxa - Lisboa


Coisas do tempo da outra senhora


Gisela Pissarra

É um dos pontos de encontro da parte “baixa” do Bairro Alto, em Lisboa. Um sítio ecléctico que tem como característica reunir gente de todas as cores e feitios e medidas (e como diz a canção: e perdoem as pessoas que ficaram esquecidas).O Maria Caxuxa, aberto há 3 anos e meio, é um projecto de dois sócios e amigos de longa data vindos de meios muito diferentes. Paulo Reis e João Gonzalez trabalham juntos desde o projecto do bar Clube da Esquina, aberto há 11 anos na esquina de cima da mesma Rua da Barroca onde ainda permanecem.

Uma dupla de sucesso

Surgiu a oportunidade de abrir um novo espaço onde os dois sócios dividem tarefas: João, senhor de outros negócios e há muito ligado à noite, trata da parte comercial do bar. Paulo, vindo do mundo da dança e do design gráfico, orienta a decoração, a música e, na maioria das vezes, as informais relações públicas da casa.

Entre uma sala mais alargada e uma outra minúscula e recatada, espalham-se móveis de épocas e estilos diferentes que Paulo Reis vai buscar a feiras, vendas em segunda mão e até a amigos - «queria prolongar o espírito do Bairro aqui dentro; trazer coisas típicas portuguesas, mas as menos conhecidas: coisas do tempo da Maria Cachucha», graceja.

A inspiração dos posters que cobrem as paredes azul petróleo é vintage e tem pormenores tão curiosos como o anúncio (reclame à época) da radionovela “Simplesmente Maria” - um fenómeno (que muitos ouviram falar) mas de que ninguém com menos de 45 anos se poderá lembrar.

Um espaço da boémia artística e de todas as outras

Tudo isto resulta num ambiente “retro”, onde a decoração vai mudando e onde a música (que já esteve a cargo de Mr. Cheeks) está agora a cargo do Dj Pan Sorbe. Num registo «divertido, variado, com qualidade e de grande aposta no vinil», o Dj escolhe outros que com ele vão rodando atrás dos pratos.

Sendo um lugar de grande descontracção, o facto de existir sempre um porteiro atento pode ser um dos segredos da casa. Muitos dos clientes nem dão por tal presença – mas ele está sempre lá a controlar («e a demonstrar que há um certo cuidado») a segurança de um sítio que, sistematicamente, acolhe magotes de gente que se acotovela entre o interior e o exterior, numa rua que - ali em frente - fica intransitável ao fim-de-semana.

A filosofia é a da maior heterogeneidade possível de públicos, sendo que estão proibidos os shots que atraem adolescentes sequiosos de abarcar, numa só noite, o vasto e maravilhoso mundo do álcool.

2009-03-18
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida