Quantcast
PORTUGAL FAZ-LHE BEM

de 6
ver todos

MACE - Museu de Arte Contemporânea de Elvas

de 6
ver todos

Situado no Alto Alentejo, o Museu de Arte Contemporânea de Elvas (MACE) foi inaugurado em 2007 e ocupa o espaço do antigo Hospital da Misericórdia. Remodelado pelo arquitecto Pedro Reis, o edifício distingue-se pelas portadas e janelas em arco, as paredes caiadas de branco e o tradicional risco amarelo característico da paisagem arquitectural do Alentejo.
Dividido em dois pisos, este é o único museu nacional que apresenta exclusivamente arte portuguesa contemporânea. A exposição permanente tem como base a colecção particular do elvense António Cachola, que possui mais de 300 peças de 40 artistas nacionais, entre os quais Adriana Molder e André Gomes. O museu está também a desenvolver uma política de aquisições, com o objectivo de criar o seu próprio acervo.
Para além dos espaços de exposição, conta ainda com uma loja, salas de trabalho sócio-educativo e para técnicos, áreas destinadas ao armazenamento e tratamento de peças, uma cafetaria, sala polivalente e auditório.

Dia(s) de Encerramento: Segundas, Terças (de manhã)
Horário de visita: 10:00 - 13:00; 15:00 - 18:30
Morada: Rua da Cadeia
Código Postal: 7350 146 ELVAS
Tel: 268637150
E-mail: museu.arte.contemporanea@cm-elvas.pt
Distrito: Portalegre
Concelho: Elvas
Freguesia: Assunção

Museu de Arte Contemporânea de Elvas / MACE


Ó Elvas, ó Elvas. Arte Contemporânea à vista…


Andreia Melo

No MACE conheça a noiva de Joana Vasconcelos e deixe que Gabriel Abrantes lhe apresente Olympia. Entre na casa de um Homeless) a convite de Susana Guardado ou descubra o segredo d’O Encantador de Serpentes, contado por João Tabarra... Tudo com cumprimentos do empresário elvense António Cachola, a quem muitos chamam o Berardo de Elvas.

Do velho se fez novo

Pintura, desenho, escultura, instalação e vídeo, tudo isto encontra no Museu Contemporâneo de Elvas, o MACE. As várias manifestações artísticas estão integradas na colecção privada de António Cachola que deu origem ao museu. A exposição Lista de Verbos, patente até ao final do ano, reflecte parte dessa colecção.

Inaugurado em 2007, o museu instalou-se num edifício do século XVIII que já foi Hospital e Mesa da Misericórdia de Elvas. Remodelado pelo arquitecto Pedro Reis, hoje em dia, é do espírito de quem passa que aqui se trata…

Por exemplo, A Noiva, lustre feito por Joana Vasconcelos à base de inox, aço e tampões é a obra de destaque e encontra-se exposta numa sala que conduz o visitante à época barroca. As paredes desta divisão ostentam um conjunto de azulejos que narra a história dos Passos da Vida de Santa Isabel. Um pequeno altar num dos cantos da sala sugere que em tempos idos ali se orou pelo doentes e pobres de Elvas.

Até a longa escadaria de mármore com motivos barrocos que conduz do primeiro ao segundo andar transporta-nos para outras épocas. O próprio edifício é uma peça de arte, só que de contemporâneo tem muito pouco.

2009-10-21
Seja o primeiro a avaliar
Receba as melhores oportunidades no seu e-mail
Registe-se agora

Boa
Vida