PORTUGAL FAZ-LHE BEM
Ver
mapa

Complexo Desportivo de Vila Real de Santo António

Equipado com pista de atletismo em piso sintético, caixas para salto em comprimento, pistas para salto em altura e vara, pistas para lançamento de dardo, pista de cross, estádio com relvado e três polidesportivos ao ar livre, preparados para basquetebol, andebol, futebol de salão e patinagem. Também integra um clube de ténis e um complexo de piscinas.

Dia(s) de Encerramento: Não encerra
Horário de Funcionamento: Das 7.30 às 22.00 horas
Modalidades disponíveis: Andebol, Badmington, Futebol, Futebol de salão, Ginástica Correctiva, Ginástica de manutenção, Ginástica Infantil, Ginástica Passiva, Atletismo, Basquetebol, Judo, Rugby,Taekwondo, Ténis, Ténis de mesa, Voleibol, Natação, Padel, Pólo aquático
Observações: Campos de ténis, padel, pistas de atletismo, setores de lançamentos, ginásios, pistas cobertas, campos de futebol, pista de cross, trilho, percursos de manutenção, piscinas, mapas de orientação
Serviços complementares: Bar, Gabinete Médico, sala de conferências e reuniões, ginásios
Morada: Complexo Desportivo de Vila Real de Santo António
Código Postal: 8900 213 VILA REAL SANTO ANTÓNIO
Tel: 281510965
E-mail: sportscentrevilareal@sapo.pt
Site: www.sportcenter-vrsa.com
Distrito: Faro
Concelho: Vila Real de Santo António
Freguesia: Vila Real de Santo António

Complexo Desportivo de V.R. Stº António


Laboratório de campeões


Nelson Jerónimo Rodrigues

Lado a lado com muita história e uma envolvente natural única, Vila Real de Santo António conta com um dos mais importantes complexos desportivos do país, projetado para receber atletas de alta competição mas acessível a qualquer turista ou visitante, por mais amador que seja. Um passeio descontraído ou um treino de carga máxima vão mostrar-lhe que a cidade do iluminismo também está em grande forma.

Vista de cima, Vila Real de Santo António parece ter duas faces. A mais dominante tem a marca indelével do marquês de Pombal e revela-se num traçado geométrico, quase a régua e esquadro, que regeu a arquitetura da povoação desde o final do século XVIII. A outra, bem mais recente, começou a dar nas vistas depois de construído o estádio municipal (anos 80) e acentuou-se já este século com uma moderna nave desportiva, cuja arquitetura arrojada rompeu definitivamente (embora de forma harmoniosa) com os cânones mais clássicos da paisagem local. 

Mas estas duas infraestruturas são apenas a parte mais visível do complexo desportivo da cidade, situado entre o casario e o extenso pinhal colado ao mar. No total, este espaço estende-se por vários hectares e conta com inúmeros equipamentos, provando a crescente importância do turismo desportivo como complemento à vasta oferta hoteleira da região.  
 
E assim se combatem as dificuldades da sazonalidade algarvia, graças a um serviço de qualidade que, mediante determinadas condições, também pode ser utilizado por qualquer um. É verdade que a primazia é dada aos atletas de alta competição, mas não faltam tempo e espaço para que os habitantes locais ou os turistas também possam desfrutar do local, seja para fazerem uma corridinha, jogarem uma partida de ténis ou darem umas braçadas na piscina olímpica, entre várias outras atividades possíveis.

Pedalar para aquecer 

A melhor forma de descobrir as ótimas condições do concelho para a prática desportiva começa por deixar o carro estacionado junto ao hotel, vestir roupa desportiva e dar o corpo ao manifesto. Quem está alojado em Monte Gordo pode meter pés a caminho e calcorrear os inúmeros trilhos de terra batida que serpenteiam a Mata das Dunas Litorais de Vila Real de Santo António, a meia distância entre a vila balnear e o complexo desportivo.   

Outra hipótese passa por alugar uma bicicleta (pergunte no hotel onde ficou se têm essa opção uma vez que o complexo desportivo ainda não disponibiliza bicicletas para aluguer) e pedalar durante dois quilómetros pela Ecovia do Litoral. Apenas uma ínfima parte dos 214 quilómetros que compõem esta pista ciclável com início no cabo de São Vicente (Vila do Bispo) e final junto à foz do Guadiana, precisamente em Vila Real de Santo António. 

Pouco antes de chegar ao complexo desportivo não deixe, no entanto, de fazer uma incursão pelo Caminho dos Três Pauzinhos porque o percurso que atravessa o pinhal vale bem a pena. Basta seguir o cheiro a maresia e em menos de 10 minutos estará na bela Praia de Santo António, a última em terras algarvias antes da fronteira com Espanha. Quer melhor recompensa para o esforço que um areal quase deserto de areias finas e águas cálidas?

2012-03-12
Seja o primeiro a avaliar